20/04/2007

Financiamento bancário atrairia investidores

Fonte: Jornal da Tarde

A falta de planos de financiamento para os investidores em loteamentos é considerada por loteadores e consultores imobiliários a principal entrave para a dispersão dos investimentos neste segmento do mercado imobiliário. O recurso utilizado pelos empreendedores acabam sendo os financiamentos próprios.

“Por incrível que pareça, o setor de loteamento é esquecido pelo setor financeiro. Nem para a produção nem para a comercialização. Planos de financiamento dariam uma bela aquecida no mercado, porque muitos empreendedores têm limitação para investir”, lamenta o presidente da Aelo, Luiz Eduardo de Oliveira Camargo.

Segundo ele, alguns financiamentos próprios , que chegam a 20 anos, acabam onerando os investidores. “Seria bom se existisse um financiamento de 100% com taxa de juros civilizada, 6% a 7% ao ano num prazo de 25 anos”, diz.

Já o superintendente-geral da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), Carlos Eduardo Duarte Fleury,responde dizendo que disponibilização de financiamento de lote está condicionada a alteração da legislação e às normas do Sistema Financeiro de Habilitação (SFH).

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.