15/07/2007

Financiamento imobiliário ganha prazo maior

Fonte: O Globo

Confira as modalidades

BRADESCO: Imóveis novos e usados enquadrados no SFH, avaliados em até R$350 mil, e na carteira hipotecária, com valor superior a R$350 mil podem ser financiados em 25 anos. Para esta modalidade, existe um contrato com taxa fixa em 12,5% ao ano (no SFH) e uma opção de juros de 11,5% mais a variação da TR. O comprador poderá financiar até 80% do valor do imóvel.

ITAÚ/GAFISA: Em parceria, o banco financia imóveis da construtora na planta (90% do valor) em até 25 anos. Os 10% de entrada, que são pagos à Gafisa, podem ser parcelados em sete meses. Os juros variam: unidades com valor até R$350 mil têm taxa de 7,48% durante a construção e 10,5% no pós-obra. Para unidades acima desse valor, taxas, respectivamente, de 8,18% e 11,40%.

BANCO DO BRASIL: A instituição financia de 70% a 80% do valor de imóveis novos e usados. O novo prazo para pagamento do crédito é de 20 anos, em vez de 15. Para imóveis com valor até R$150 mil, os juros caíram de 10,49% mais TR para 9,57% mais TR. Para unidades na faixa de R$150 mil a R$350 mil, os juros são de 11,395 mais TR e, acima de R$350 mil, 12% mais TR.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.