10/01/2013

Financiar imóvel na planta pode sair mais caro e exige cuidados

Fonte: ZAP Imóveis

Segundo especialistas em finanças pessoais, financiar um imóvel na planta fica, em média, 10% mais caro do que outras opções de compra

A grande oferta de crédito disponível no País possibilita, já alguns anos, as pessoas terem acesso ao financiamento bancário antes mesmo da casa própria sair do papel.

A iniciativa traz algumas vantagens em relação à compra de um imóvel já em construção ou seminovo. Porém, de acordo com especialistas do setor, dependendo do caso, os benefícios podem ficar em segundo plano quando a conta a pagar no final do prazo for maior.

Segundo especialistas em finanças pessoais, financiar um imóvel na planta fica, em média, 10% mais caro do que outras opções de compra, montante suficiente para comprar dois carros populares. Além disso, exige cuidados contratuais e planejamento financeiro.

Financiar um imóvel na planta fica, em média, 10% mais caro do que outras opções de compra, montante suficiente para comprar dois carros populares (Foto: Banco de Imagens / Think Stock)

“É um investimento de alto risco, apesar de o ativo ser um imóvel. Não recomendo adquirir um bem na planta”, aponta Marcos Silvestre, economista especializado em finanças pessoais.

A diferença nesta modalidade é que o consumidor, em vez de dispor de um valor de entrada à vista e financiar o restante ao longo dos anos, como ocorre tradicionalmente, faz um pagamento parcelado desta quantia inicial durante o período de construção do imóvel e, somente após a entrega das chaves, começa a quitar o saldo devedor.

No entanto, apesar desta entrada parcelada não contar com juros, as parcelas são corrigidas pelo INCC (Índice Nacional de Custo da Construção), que mede a inflação do setor. Ao mesmo tempo, o saldo devedor, que o consumidor começará a pagar somente depois de receber o bem, também sofre reajuste pelo mesmo índice, o que aumenta a dívida no decorrer das obras.

“É aí que mora o perigo. Esse índice tem sido de 0,60% ao mês. Então, suponhamos que a pessoa compre um imóvel de R$ 300 mil na planta, sendo 10% de entrada [R$ 30 mil]. No final da construção, que demora três anos, em média, o saldo devedor do imóvel não será R$ 270 mil e sim de R$ 335 mil. O INCC corrige a parcela da entrada e o saldo”, explica Silvestre.

Já segundo Marcelo Prata, fundador e CEO do Canal do Crédito, site que compara produtos financeiros, apesar de custar mais, o benefício de realizar empréstimo antecipado dá a certeza de que a análise de crédito do consumidor já foi feita pelo banco no momento da compra (no financiamento de um imóvel pronto, a avaliação acontece depois das obras).

Além disso, ele aponta que, na aquisição do apartamento na planta, há a possibilidade de participar da escolha das características do projeto, como acabamentos e configuração dos imóveis. Para isso, porém, o comprador tem se atentar ao memorial descritivo, documento que detalha a construção e deve fazer parte do contrato com a construtora.

“Há também o deságio, o imóvel se valoriza neste período. Quem compra na planta paga um valor entre 15% e 20% menor que o bem vai valer na época da entrega das chaves”, completa Prata.

“Para isso valer a pena, no entanto, o imóvel precisaria sofrer uma valorização de 60% nestes três anos de obra”, pondera Silvestre.

Confira uma simulação que compara as duas formas de aquisição:

1) Imóvel na planta
Valor do imóvel: R$ 300 mil
Valor da entrada: 10% (R$ 30 mil parcelados e corrigidos pelo INCC)
Tempo de financiamento: 30 anos (sendo 3 anos durante as obras)
Taxa: 8,5% ao ano (0,68% ao mês), sem IOF e seguro
Parcelas: 324 x R$ 2.563,00
Total pago ao final: R$ 867,612 mil

2) Imóvel já construído
Valor do imóvel: R$ 300 mil
Valor da entrada: 10% (R$ 30 mil à vista)
Tempo de financiamento: 30 anos
Taxa: 8,5% ao ano (0,68% ao mês), sem IOF e seguro
Parcelas: 360 x R$ 2.011,00
Total pago ao final: R$ 754,90 mil

109 Comentários

  1. Concordo com plenamente com o Marcos Silvestre, além dos riscos apontados, pode haver atraso na entrega (muito comum neste tipo de empreendimento) o que aumenta mais ainda o prejuízo, sem falar que nem sempre há valorização do imóvel depois de pronto(ainda mais de 60%) , pode haver é desvalorização, aí é que a coisa fica feia, isso sem falar num possível caso de distrato, onde a construtora cria mil e uma dificuldades para devolver o dinheiro investido. Falo por experiência própria, vivi isso recentemente e ainda estou penando para receber o dinheiro investido, e nem vou receber tudo de volta, pois o “do corretor” a construtora não quer devolver, e ainda parcela em várias vezes, sem juros (que beleza pra eles.Na hora de comprar tem de tudo para nos convencer, até café da manhã e chapanhe, na hora de distratar é só destrato, prejuízo e humilhação. Um conselho, não entrem nesta “fria”.

  2. Que reportagem enganadora… Normalmente um imóvel na planta é sempre mais barato que um já construido. Se na planta um apart. custa 300.000. Pronto deve custar no minimo 450.000. Então ao fim do pagamento mesmo com uma correção maior o apart. na planta sempre fica mais barato. Mas deve se levar em consideração o risco.

  3. Nunca vi tamanha falta de responsabilidade ao repassar informações. Reportagem contraditória: diz que sai caro, depois diz que sai mais em conta. Sem falar nas parcelas do banco, que calcularam como se fossem fixas, e não decrescentes. Não deixaram prazos iguais de financiamento e ainda omitiram a valorização do imóvel, que é maior do que qualquer índice que inventarem nas próximas décadas. Pra bom entendedor: dinheiro emprestado pra comprar imóvel tem preço (juros), que é baixíssimo perto dos ganhos que se tem na valorização dele. Agora tente pegar esses mesmos 270 mil emprestados num banco, faça uma aplicação financeira qualquer, pague o banco de volta e veja quanto vai receber em 30 anos. Ora, me faça um favor! Quem já comprou imóvel e vendeu nesse Brasil todo está satisfeitíssimo com o que ganhou! Agora compre um carro financiado! Se uma reportagem dessas que me interessa vejo fontes erradas e irresponsáveis, imagine as outras que não me interessam. Faço questão de divulgar isso nas minhas redes sociais.

  4. Eu e minha esposa, lemos a sua matéria, porém achamos o juros altíssimo, então pensamos nós é mais fácil morar de aluguel por 05 anos, pagando R$1.500,00 de aluguel e guardando R$3.000,00 por mês, no final teremos R$200.000,00 mil de crédito para a compra do imóvel a vista e uma despesa com “aluguel” de R$90.000,00. Isso seria uma ideia viável?

  5. e melhor pq o comprador pode ta vendo o andamento da obra! sabe o q ta comprando! se quizer eu vendo a minha na plata tmb !

  6. Prezado Sr. Economista Marcos Silveste, avalie as suas palavras, seus comentarios, e procure acompanhar na PRATICA, a avaliação de imóveis na planta…….., Nunca recomende o que NÃO TEM CONHECIMENTO PRATICO.

  7. Como corretor de imóveis que sou, gostaria de saber qual a intenção da publicação acima. Pois bem, se há desvantagens, acredito que há mais vantagens, conmo por exemplo, o valor de entrada, quando da compra em construção é parcelado e corrigido pelo INCC, porém se torna mais fácil a aquisição, pois, normalmente o valor de entrada equivale a 30% do valor do imóvel. Então, no caso exposto no artigo de 300 mil, o comprador deveria desembolsar 90 mil. Será que todos dispõem dessa quantia para dar no ato? Não seria melhor explicar com exemplo mais concreto e real? Também concordo que o saldo devedor bem como as parcelas sofrem reajuste, mas o que é que não aumenta neste país? e olhe que como dito, o INCC sofre um reajuste médio de 0,60%. E ademais mercadorias, quanto aumentam? e a inflação? grato.

  8. Estou adquirindo um imovel no valor de 472.000,00. O imóvel começara a ser construido a partir de março próximo, dei uma entrada de R$30.000,00 e prestações de R$2.000,00(36 prestações), que já estão sendo corrigidas, paguei 04 prestações, de um contrato temporário pos, pretendo quitar o imóvel, logo após o recebimento de um valor referente a venvenda de um outro imóvel. Que percentual deve pedir no abatimento desta quitação? Devo estar quitando nestes próximos 06 meses.Obrigado

  9. sou corretor e vendo imoveis prontos e na planta e conforme a materia realmente e melhor comprar pronto e conseguir um financiamento bancario, do que comprar na planta que realmente saira muito mais caro principalmente se financiar com a construtora principalmente pela forma de correcao que as construtoras aplicam

  10. o total de 867 mil reais é em 360 meses ( 30 anos) . Uma vida.e as mensalidades são decrescentes, ou estou enganado?

  11. Muito bom o artigo. É bom ouvirmos a opinião de quem é neutro no mercado de venda de imóveis. Os números não mentem.

  12. O “especialista”, por total desconhecimento do assunto, já parte de premissas erradas pois se o imóvel pronto (NOVO) custar o mesmo que um imóvel em planta só um louco como ele vai comprar um imóvel na planta.

  13. Quanta conntradição, coitado de quem, como eu, tem que tomar essa decisão. Mas o artigo me parece falho, a aquisição na planta parece mais acessível e o imóvel valoriza quando obtém o habite-se. Quem compra um imóvel pronto financiado tem que dar uma boa entrada e ao final do financiamento terá pago o triplo. Porque também há juros. O único ponto em comum é que há riscos, mas há muito não se ouve falar em quebra de construtoras. E o atraso na entrega, que é quase certo. IMÓVEL NA PLANTA É PROJETO A MÉDIO PRAZO, PRA QUEM NÃO TEM PRESSA. Concordam?

  14. Imóvel na planta é uma aberração brasileira. Financio a obra da construtora, corro todos os riscos de atrasos/não entregas, entrega do imóvel com produtos fora do estipulado no memorial, acabamento ruim, pintura ruim, problemas estruturais, risco do preço do condomínio ser muito alto e ainda sou abrigado a pagar correção monetária nas parcelas e no saldo devedor. Que absurdo. Ela quem deveria me pagar juros por estar tomando meu dinheiro antes de entregar o produto. Ninguém do mercado conta que na hora da entrega nas chaves precisará obter aprovação de financiamento na CEF. Simulem um financiamento de 400 mil e vejam que é necessário ter uma renda familiar acima de 10 mil reais (1% da população). Se não conseguir este financiamento, a construtora não devolve o dinheiro pago, ou devolve um percentual bem pequeno dele. Sem falar que hoje, devido à especulação imobiliária e alta procura (30% dos financiamentos da CEF não são de famílias, e sim de especuladores, segundo o SECOVI/SP) o preço do imóvel na planta está subindo vertiginosamente. Pessoal, com estes preços atuais, é muito mais vantajoso para o comprador viver de aluguel e economizar a diferença entre o aluguel e a prestação do financiamento até os preços voltarem aos paramares justos (ano de 2006 corrigido pela inflação IPCA). O mercado está travado nas principais capitais do país. Quem compra na planta hoje, corre o risco de na entrega o imóvel estar valendo muito menos que o valor do saldo devedor a ser financiado. Não acreditem nas promessas de valorização eterna. Como qualquer investimento, o imóvel também pode sofrer queda de preço. Já se observa no mercado descontos da ordem de 30%. 30% não é desconto em nenhum tipo de produto, e sim redução de preço. Olho vivo em quem quer embolsar suas suadas economias de toda uma vida.

  15. Francisco,Valores do INCC acumulados:Acumulado Ano7,48 20117,77 20103,24 200911,87 20086,15 20075,04 20066,84 200511,04 200414,42 200312,87 2002Veja que teve ano de INCC quase a 15%. Na média fica em 8%. Qual salário no Brasil hoje aumenta neste percentual? Quando você pega as chaves, o Saldo Devedor do imóvel na planta frequentemente está no mesmo valor do imóvel pronto a vista. Não tem sentido, principalmente porque este dinheiro é adiantado por mim. O que o INCC faz no financiamento é corrigir o valor do imóvel de forma a anular o desconto dado pela compra na pRanta. Aberração total em um mercado que sabe que o brasileiro médio não tem educação financeira.

  16. Vicente, sua informação a respeito de valorização eterna de imóveis não é a realidade. O que regula o preço de um bem é a lei da oferta e da demanda. Se não tiver demanda, como já não está tendo no mercado brasileiro, o preço cai. Se não cai é porque o proprietário ainda não está pressionado pelo valor do condomínio e demais taxas que um imóvel de investimento parado gera. Valorização eterna de imóvel não existe.

  17. Pessoal, aprecio alguns artigos escritos pelo consultor Marcos Silvestre, mas este ele foi extremamente infeliz. A compra de imóvel na planta é uma opção extremamente saudável para aqueles que não possuem o montante necessário para aquisição a vista e ainda não tem pressa. Quanto a juros e correções, todas as transações que fiz, ficou bem claro para o comprador de que elas existem e que deve ser feito um planejamento financeiro para que lá na frente, na entrega, não corra o risco de ter seu credito negado ou se tornar um futuro inadimplente. Conclusão: se você tiver hoje dinheiro suficiente para adquirir a vista, o faça, pleitei um desconto e seja feliz. Caso contrário, faça um planejamento de suas contas e compre o imóvel na planta, com certeza, você terá vantagens também. Mas acredite, imóvel, (como meu bom e velho pai dizia), continua e sempre continuará sendo o melhor investimento para toda a vida.

  18. Hoje eu conheci um lançamento com valores em torno de R$800mil. Em 3 anos o INCC (0,6%/mês) deve corrigir este valor para R$993mil. Supondo que eu não aceite comprar o apartamento na planta, mas decida comprá-lo 3 anos depois, eu pagaria R$993mil, exceto pela (des)valorização. Mas agio, deságio, adágio, presságio, pedágio, qualquerágio, são coisas imprevisíveis para daqui 3 anos, então eu não devo colocar na conta. Então vamos analisar os dois cenários. Comprando na planta, eu pago 10% no ato, mais 36xR$2000,00, mas reforços semestrais de R$15000,00. Na entrega das chaves, eu teria R$558mil para financiar, com crédito pré-aprovado pela construtora. Isso garante a ela que eu serei capaz de quitar minha dívida. Estes valores foram simulados com correções de INCC embutidas. Se pudesse pagar mais rápido, teria um grande desconto. No segundo cenário, eu compraria um apto recém lançado por R$993mil, com financiamento simulado pela CEF. Reparem que a construtora embutiu o INCC na cobrança do investidor, que está me cobrando uma nova correção de mercado. Se ele e a CEF aceitarem apenas 10% de entrada, eu teria os R$894mil restantes para financiar. Certamente as parcelas seriam muito maiores do que as do financiamento do primeiro cenário, de R$558mil. Certamente o total de juros será muito maior do que o total de juros do primeiro cenário. Em alguns casos, comprar na planta é um excelente negócio, porque se pode diminuir o saldo a ser financiado na entrega das chaves. Mesmo que as parcelas pagas durante a obra sofram correções do INCC – e nem sempre são, elas serão menores que os juros do financiamento. Mas é preciso ter certeza que a favela ao lado não vai citiar o bairro e meter o terror, entre outros fatores locais.

  19. Só tem uma coisinha ai… muita gente falando que a valorização do imóvel justifica o pagamento dos juros. Mas vc (família) vai ficar comprando e vendendo imóvel? Se a reportagem foi feita para especulador/investudor esqueçam…

  20. Na planta ainda é um bom investimento devido a sua valorização, se você compra um carro usado valera mais que um lançamento nunca, no imovel é a mesma condição.

  21. Concordo que qualquer correção seja ruim para o bolso do cliente. Mas lembremos que a correção de INCC é nada menos que a inflação do custo de construção, ou seja, depois de pronto o preço terá sido inflacionado pelo índice também. Isto pois a Incorporadora/Construtora não são instituições de caridade para perder o lucro para esta inflação de mercado.Os números apresentados na matéria são questionáveis, por exemplo, 60% de valorização em cima de quê? Se for em cima do inicial (300mil) ele precisaria valer 480mil depois de pronto? Esta conta não faz sentido.

  22. Só para relatar minha (desastrada) experiência: comprei um imóvel na planta da Gafisa em 2010 a quase 9.000/m2, convencido pelas corretoras da Abyara, que juraram por todos os santos que eu venderia numa boa antes da entrega, repassando a dívida,com bom lucro. Resultado: o prédio está pronto e se eu quiser mostrar pra algum comprador, vou ter que quitar, porque a Gafisa não dá as chaves para quem não o fizer. E se eu quiser vender, tenho que mostrar pro comprador, claro! Já fiz as contas: se conseguir vender depois de quitado, vou ter uma renda de no máximo 12% aa (sem o IR). Nesta fria não entro mais. Conselho: quem quiser investir (não estou falando pra quem vai morar no imóvel), procure outra coisa…

  23. mesmo quando o contrato é feito com a caixa e os valores das prestações foram pré fixadas terão reajustes e terei que fazer outra reavaliação para saber se tenho condições de pagar as parcelas.

  24. Prezados, comprei imóvel na planta quando o preço do imóvel na planta tinha um deságiode cerca de 20% em relação ao que era vendido a vista. Isto se justificava porque o investidor da planta pagava o risco. Hoje o metro quadrado da planta é o mesmo de imóvel a vista. LOUCURA! Não vale a pena mesmo comprar na planta… Pq vou pagar sem receber e ainda ver o saldo residual reajustar pelo INCC. Aliás, só é vantajoso comprar na planta se o reajuste do INCC for menor que o mercado. Quem pode garantir isto?

  25. Lamentável… Qualquer comprador experiente que ler este artigo lamentara… Basta pesquisar, não deixem se influenciar antes de ter a informação em exato! Tomara que as coitadas pessoas que lêem este artigo tenham bom senso de analisar com dados concretos!

  26. Cada caso é um caso. Existem “n” variaveis que vão dizer se é vantagem ou não comprar na planta ou pronto.Uma vantagem indiscutível é que comprando-se na planta é obrigatório honrar os pagamentos e com isso faz-se uma poupança “na marra”.

  27. Borgheti, sei bom e velho pai viveu uma época diferente, governo diferente, ritmo de vida diferente. Se vcê já tem uma gama de imóveis alugados, muito bem, mas quem está entrando nessa agora, pode acreditar que não vai conseguir ganhar dinheiro com isso. Quando seu vizinho encontra contigo no elevador e fala que está investindo em imóveis, é sinal de que a coisa já está tão massificada e a oferta já está tão grande, que todos os investidores grandes já realizaram o lucro e saíram do mercado. Repito: não tem sentido o cliente financiar a obra da construtora e ainda ter que pagar INCC sobre parcela e saldo.

  28. Meu caso é semelhante ao do Roberto, adquiri um imovel da Gafisa, na planta, e estou sendo obrigado a arcar com os custos da corretagem, mesmo após ter sido feito o distrato, o qual constava que nada mais teria que ser pago após o distrato ser celebrado. Alem de ter meu nome negativado, pelo corretor que detinha os cheques, e o caso está na justiça para ser julgado. E como alguns já escreveram, muitos detalhes não são esclarecidos no momento da compra, como a correção do saldo devedor, e tambem sobre a quem deve a responsabilidade no pagamento da corretagem, em caso de desistencia do negócio por qualquer motivo. Peço que caso alguem tenha tido um caso semelhante ao meu, relate sobre como(e se)conseguiu resolve-lo.

  29. A matéria é brilhante quando se fala na valorização, onde isso hoje é relativo. A dois ou três anos atrás o imóvel teve uma valorização muito grande, mas hoje não. As pessoas tem que ter cuidado antes de sentar na mesa para fazer uma negociação, pesquisar as construtoras pois a maioria esqueceram o que é qualidade e isso faz com que o produto se desvalorize. Toda construtora tem seus investidores eu posso garantir a qualquer pessoa você ~e fará o maior investimento se conseguir comprar o imóvel depois de pronto das mãos dos mesmos, onde esse imóvel fica muito mais em conta do que comprar na planta, melhor ainda a pessoa ter dinheiro para comprar essa cota a vista antes da construção da obra, esse tipo de investimento dobra ao termino da obra.Pensem bem antes de comprar um imóvel, pois não se esta comprando qualquer objeto de pequeno valor.

  30. Solicito maiores informaçãoes, pois conprei um imóvel na planta e fechei a compra dei cheques, para garantir a compra e deixei todos os meus documentos, quando fui a empresa soube que tinham vendido para outra pessoa com o velor maior, neste caso como agir?, gostaria de orientação pois sou leiga neste assunto.

  31. Sou corretor de imóveis ,e a muito tempo que sei comprar imóvel na planta é furada,tenho muitos relatos e experiencias de clientes que acabaram se dando mal.

  32. Aconteceu o mesmo comigo ÉLIO , comprei um imovel , pela Kallas eles me fizeram uma tabela de investidor, sabendo que eu nào iria ficar com o imovél.Nao me avisaram que se eu nao quitasse nao teria acesso as chaves.Agora o imovel esta pronto , como eu vou vender se nao posso mostrar.Nunca mais comprarei assim , temos que ter muita atençao na hora de comprar, pois depois que essas construtoras vendem o imovel, eles nao querem mais saber de vc.

  33. Não concordo com a matéria, acho que depende da situação do comprador. Vamos e venhamos, não precisa ser Economista ou especialista para saber que comprar um imóvel à vista é bem mais vantajoso, mas vamos lá, quem tem grana pra comprar à vista hoje em dia?Moro de aluguel e só agora comprei meu imóvel na planta. Sabe por que? Porque foi a única forma que deu para adquiri-lo. Tentei compra usado e teria que dar R$ 60.000,00 à vista e as prestações ficariam em 1.600,00, hoje pago 900,00 de aluguel. Comprei o imóvel por R$ 116.000 um mês depois já valia 120.000, as prestações ficarão em 450,00. Tentei comprar um outro acabado de inaugurar, entregaria em um mês, com a mesma condição e na mesma rua e o valor estava em 170.000 (pois já estava pronto), se financiado as prestações ficariam em 1.500,00 + entrada de 20.000, então pergunto como assim não vale a pena comprar na planta????

  34. Silvana, é simples, então compre o seu, e pague o INCC para a construtora. Nunca vi alguém emprestar dinheiro e ainda pagar juros sobre o que empresta rs MAs vai lá, é só assinar o contrato. Leia bem as cláusulas.

  35. Gente, se liga!!! Geralmente ao comprar um imóvel já construído é exigido o mínimo 20% de entrada, num imóvel PRONTO com valor de R$ 170 mil (que é a maioria pelo programa “Minha Casa Minha Dívida” rsrsrs) vc terá que dar R$ 34 mil de entrada certo? Hoje em dia quem é que tem esse dinheiro pra dar de entrada? Eu concordo com os comentários referente ao reajuste do INCC mas como a maioria dos brasileiros não tem os 34 mil pra dar de entrada eles optam pelo imóvel na planta que A ENTRADA É PARCELADA PELA CONSTRUTORA e após pegar as chaves é que se começa a pagar o financiamento.OBSERVAÇÃO IMPORTANTE NA MATÉRIA:-Os cálculos feitos no exemplo estão errados pois as parcelas do financiamento são DECRESCENTES e não fixas!RESUMINDO:-Comprar na planta é vantagem pra quem não tem pressa, não tem dinheiro pra dar de entrada e ainda pode parcelar a entrada com a construtora mas corre o risco do INCC subir demais ao passar do tempo.-Agora comprar um imóvel já construído é vantagem pra quem está com pressa, tem dinheiro da entrada e não terá reajustes do INCC pra pagar.

  36. Pessoal, agora não é o momento de comprar. G1 e GloboNews de vez em quando falando da existência de bolha imnobiliária no Brasil.

  37. Olha o perigo do na planta aí: g1.globo.com/economia/seu-dinheiro/noticia/2013/01/crescem-queixas-sobre-defeitos-em-imoveis-novos-veja-direitos-de-cliente.html

  38. Esse artigo tem um erro. Eles estão comparando 300.000 com 300.000.Na realidade não é assim. Um apartamento que custa 300.000 na planta, vai custar 500.000 pronto!!!

  39. ta confusa demais essa matéria… comprei um imóvel de 300 mil da planta.. dei 24 mil de entrada, mais 18 parcelas em torno de 800 reais e mais 2 baloes de 13 mil, sendo que um ja paguei.., todas essas parcelas estao sendo corrigidas mes a mes, a previsao de entrega é para janeiro de 2014. ou seja, até la, ja terei pago em torno de 65 mil reais… e teria, em tese, 235 mil a ser financiado.. todavia, com a correçao do INCC esse saldo deve saltar para uns 300 mil acredito, chutando alto., vez que a valorizaçao ja nao esta tao alta como a uns dois anos atraz.. sou servidor publico e minha taxa de financiamento ficaria em torno de 7.8%, menor que a do calculo acima, ja andei fazendo simulaçoes e minha parcela inicial ficaria em torno e 2 mil reais, decrescentes.. sendo que a ultima parcela (30 anos) estaria em torno de 750 reais… nao vejo melhor vantagem, para quem nao tem dinheiro a vista para financiar um imovel pronto.. se seu fosse financiar esse mesmo apartamento, depois de pronto, teria que pagar em torno de uns 400 mil reais e teria que me virar pra dar a entrada alta que o banco pede e nao poderia escolher o imovel que escolhi hoje, andar planta etc.. para mim… acredito que foi vantajoso

  40. Para quem tem o valor da entrada, que seria os 25% do valor do imóvel a ser adquirido, o melhor é comprar já pronto.Para quem não tem os 25% da entrada, a opção é comprar na planta, mesmo com a correção de INCC, Pq o imóvel vai valorizar durante a construção.Sendo que se, guardar os valores das parcelas durante a construção,no final do prazo, não consiguirá ter os 25% necessários para dar de entrada.Para quem compra como investimento, o ideal e repassar 3 meses antes de entrega.

  41. a materia mostra desconhecimento sobre entrada = mercado usados para financiamento no minimo 20% e tambem sobre a tabela SAC = decrescente, melhor estudar antes de expor

  42. Totalmente equivocada esta materia.Comprando na planta a correção será pelo INCC mas SEM (SEM juros,SEM tr,SEM iof, SEM itbi,SEM seguros,SEM tx adm de cobrança,SEM despesas de registro escrit.)Já quem comprou imovel pronto paga tudo aquilo e daqui a tres anos o imovel será usado e provavelmente vai ter que gastar dinheiro para manutenção do mesmo para que fique em pé de igualdade com o imovel que será entrege ZERO KM.Minha sugestão é comparar a seguinte situaçã.Imovel na planta de 400.000 sendo 25% durante a obra (10% de entrada e 15% em 36 meses financiando 75% em 12 anos perfazendo 15 anos para pagar tudo).Compare com imovel pronto de 400.000 sendo 25% de entrada e 75% financiado em 15 anos.Não esqueça de acrescentar 20% a mais no imovel comprado na planta daqui a 3 anos quando será entregue e 10% a menos no valor do imovel comprado pronto porque ele já não sera novo e as manutenções são obrigatorias até em imoveis que ficam fechados o ano inteiro.

  43. Imóvel na planta:300 mil na plantaPagar 30mil de entrada em 3 anos a 0,68% de juros ao mês pelo método PRICE (já que é só o financiamento da entrada)A parcela nesses primeiros 3 anos vai ser fixa de 942,31.Agora, vamos levam em conta que os outros 270mil também sofreram os 0,68% de juros ao mês…Na entrega das chaves o saldo devedor vai ser de 344.603,13, ou seja.. um aumento de 27,6%Agora vamos financiar esse valor na tabela SAC com um banco ainda a juros de 0,68% ao mês em 27 anos…A prestação vai começar em 3414,30 e terminar em 1070,85…Agora imóvel pronto:De cara o imóvel tem q valer mais do que os 300mil mais 27% de juros, se não ninguém q comprou na planta vai vender… então vamos ser bonzinhos e vamos colocar 30% de valorização… 390 mil..Vamos financiar esse 390 em 30 anos com 0,68% ao mês e 30mil de entrada:a parcela começa com 3455,74 e termina com 1006,82..Em resumo o total q dá: Na planta: 726.593,15 + 38.289,24 = 764.882,39Pronto: 803.260,64 + 30.000 = 833.260,64Quem fez essa matéria ou é mal intencionado ou não sabe fazer conta….

  44. Sinceramente, não sei o que pensar..comprei na planta, pois não tinha cono comprar usado, pois a entrada era bem maior, fiz o plano minha casa minha vida, ou seja minha casa, minha sina, pois os juros é alto demais..o subsidio do governo, praticamente não aparece..é enganação pura..infelizmente no Basil, é muito mas muito dificil adquirir uma casa própria, pois os rejaustes são demasiadamente exorbitantes, sendo que o salario do trabalhador sofre uma reposição da inflação anual em torno de 8% ao ano??!! Quem aguenta isso??VâniaSano André – SP

  45. Na minha opinião comprar imóvel na planta não compensa realmente por causa da correção pelo INCC no pagamento da entrada. Pode ser um investimento de altos riscos para especuladores, para nós que compramos por necessidade aconselho a compra de imovel usado, que podemos negociar muito mais os preços. Muitas vezes você encontra precos por m2 muito abaixo dos praticados pelas construtoras na região, cheguei a encontrar no meu bairro imoveis usados de até 15 anos a 120% mais baratos do que similares na planta, que paga qualquer melhoria ou reforma que você tenha que fazer ou condiminio mais caro. Isso se deve pelo fato da necessidade da pessoa que está vendendo estar precisando sair rápido do local ou não ter noção nenhuma do que está sendo praticado… acontece muito. Você pode até falar que o imovel na planta tem flexibilidade na construção dos comodos, mesma flexibilidade que um usado pode ter, nos dois casos podem ser removidas paredes de vedação, e não podem se tirar elementos estruturais… outra coisa, se um imovel novo se valoriza um usado também, isso é um fator da região. Pesquisem imoveis usados no seu bairro, vai valer a pena.

  46. Recomendo muita cautela para quem compra. Eu acabei de comprar um imovel na planta e durante a venda acreditei que as parcelas seriam fixas, sem a correção do INCC. Quando questionei o vendedor depois ele me disse que era uma caracteristica comum de todas construtoras e que quem compra ja sabse disso. Estou ciente que houve erro meu (DEVERIA TER PERGUNTADO E ME CULPO TODA NOITE POR ISSO) …Mas ora, tenho 29 anos, nunca havia comprado um apartamento, como ia saber disso. Falta comunicação clara e muitas coisas são omitidas durante o processo..eles só querem saber da comissão !!!!

  47. Mas é claro q compensa comprar na planta mesmo com o reajuste do INCC!Ainda mais se vc tiver o dinheiro da entrada pois pagando a entrada vc espera assinar o financiamento com o agente financeiro (Caixa, Banco do Brasil, etc); depois q vc assina o financiamento o saldo devedor “congela”. A desvantagem é qdo demoram para chamar pra assinar o financiamento pois o INCC vai aumentando.Os cálculos feito nessa matéria estão errados. As parcelas vão caindo ao passar do tempo.

  48. Ikki, o INCC de janeiro/13 foi de 0,98%. Trazendo para taxa anual, dá 12,45%. Um reajuste de um saldo devedor de 200K a 0,98% dá quase 2 mil reais. Se sua prestação do imóvel na planta for de R$ 500,00, só nesse mês de janeiro o saldo devedor comeu as 4 últimas parcelas que você já tinha pago. É extrema desvantagem. Comprando na planta eu estou dando meu dinheiro pra construtora levantar o prédio. Ela deveria me pagar juros por esse valor que estou emprestando, e não me obrigar a pagar correção monetária. Uma aberração esse negócio de imóvel na planta. Não se esqueça que o INCC também corrige a prestação, as intermediárias e as chaves.

  49. Para poder financiar 200 mil preciso de uma renda de 7 mil… e tenho que dar de entrada 200mil … Nossa!!! como tá facil de juntar 200 mil … Na Europa, civilizada com infraestrutura o m2 construido de altissimo padrão não é mais que R$ 2500,00 (cerca de 850 euros) em cidades bem desenolvidas … como neste País sem infra estrutura, saude, traanporte, educação o m2 está 3, 4 ou 5 vezes?.. E o salaraio medio do europeu é no minimo 3 vezes o do Brasil ….Acho que tem muita gente espremendo os pobres e assalariados.Pra quem quer comprar, que compre, vai sacrificar o futuro por um ovo … Será que vale a pena? E ainda tem construtora que diz que é a moda, pois há procura, é claro… quem tem dinheiro pra pagar a fortuna de mais de uma vida de trabalho num imovel digno? Brasileiro não tem cultura financeira e não sabe fazer conta, pois se soubesse não comprometeria todo o futuro com m financiamento de 20, 30 ou 5 anos nem se sujeitaria a morar num ovo… Pra mudar isso é facil, é ´só ninguem comprar essas porcarias … e vamos ver se o mercado não fala mais alto e eles não ajustam tanto o preço, o tamanho e o acabamento dos imoveis; Dê valor ao seu trabalho e dinheiro.

  50. Melhor opção hoje é ser investidor de uma determinada construtora.Existem várias construtoras que trabalham com a construção 100% financiada pelos investidores, onde os mesmos pagam um determinado preço e no final da construção vendem o imóvel já pronto quase o dobro. O bom desse tipo de negócio para o comprador final é a negociação do preço que cai muito.

  51. pra fala a verdade,a pior cousa e você não investir em imoveis,com ideia de pagar muito juros, e acaba passando a vida no aluguel sem consegui nada na vida e não consegue juntar dinheiro vai viver sempre no aperto.

  52. Comprei um imóvel na planta, há um ano, com a consciência de que seria entregue apenas em novembro de 2014, ainda que recebi há cerca de um mês que o imóvel ficará pronto em agosto/2014. Quando assinei o contrato realizei 500 mil perguntas, tanto para o corretor quanto para o dep. juridico, inclusive sober o pagamento do INCC, e ambos me afirmaram que o INCC seria reajustado automaticamente e diluído dentro das parcelas, então não me preocupei. Quando foi no último domingo, fomos chamados novamente pela assessoria jurídica, sendo convidados para realizar o financiamento pela caixa com o imóvel ainda na planta, e que na entrega das chaves teríamos de pagar cerca de 26 mil reais de INCC. Quando questionei o motivo, pq o mesmo departamento havia afirmado anteriormente que eu não precisaria pagar mais nada. Ela simplesmente respondeu:”história para vender imóvel”, e não se abalou nem um pouco com isso! Mas estou pesquisando e vejo que a “vantagem” que ela oferece em aceitar esta proposta é apenas para a construtora, pois pagarei o INCC +Juros da caixa e terei que pagar o restante da entrada no final da obra, ou seja, a construtora faz o empréstimo com a caixa, e quem paga o juros e o índice sou eu! Fora que o índice previsto que deu os 26 mil reais de diferença, ultrapassavam os 16%aa., sendo que o máximo registrado foi de 14.41%a.a. em 2003! Um absurdo o mercado imobiliário no nosso país!

  53. O imóvel pronto, já foi um imóvel na planta, e passou por todas essas etapas que um imóvel na planta vai passar. Então se vc quer comprar um apartamento pronto no valor de 486.000,00 vc deverá desembolsar a vista 25% desse valor 121.500,00se vc tem esse dinheiro com certeza um pronto é mais compensativo. Agora se vc não tem tudo isso e não quer comprar na planto devido essas taxas de juros… trabalhe mais trabalhe muito até conquistar está entrada…na minha opinião vai mora na COHAB e não reclame da vida..

  54. Tá difícil dizer, parece que os valores dos imóveis nunca vão parar de subir, falam que esse não é o momento de comprar um imóvel na planta ou pronto, mas também corro o risco de esperar para ver se vai abaixar e quando tomar a decisão para comprar um imóvel os valores vão estar mais absurdos….

  55. A um erro na simulação feita:No caso da CAIXA, o prazo de 30 anos não engloba o periodo de obras. Como o cliente só pagará o financiamento depois de pronto, as parcelas do financiamento só começam a contar a partir do habite-se. Portanto, não seriam 324 parcelas, seriam 360 mesmo.

  56. Tudo isso é um assalto legalizado!Pois o pagador de imposto é assaltado pelo governo federal (JUROS), pelas construtoras (INCC)e o municipio (IPTU, registro imóveis e ITBI). ELES NÃO QUEREM NEM SABER.POR ISSO IREI TORCER PARA A ARGENTINA GANHAR A COPA NESSE PAIS QUE É UMA VERGONHA!É UMA BARBARIDADE!

  57. comprei um imovei na planta em out/11 no valor de 343 mil com 30%(com intermediarias e chaves corrigidos pelo incc) pagos ate a entrega em abril/14, o saldo devedor foi de 236.000 corrigidos pelo incc, como tenho um imovel que hoje vale 230 quando vende-lo tenho duas opçoes, adiantar as parcelas ou aplicar o valor, das 2 maneiras vou sair ganhando, hoje o ap ta valendo 410.000 e pelo andar da obra sera entregue no prazo, no meu caso não houve arrependimento, se não tivesse grana para dar entrada em um usado e tambem não ter pressa, faça um consorcio.

  58. Vi pessoas reclamando que nao tem informaçoes suficientes para comprar um imóvel,isto é absurdo! é funçao do corretor fazer isto,mas no mercado atual é impossível pois se voce mostrar no papel pro cliente ele simplesmente nao faz a compra! mas tambem se nao compar vai morar de aluguel sempre!

  59. Sou corretor de Imóveis e antes de trabalhar como corretor, comprei uma casa usada e vi que paguei mais que o valor do imóvel, fazendo com que mediante a venda desse imóvel, vale o mesmo valor que paguei no financiamento, mas sem ter 5 anos de garantia com a construtora como é agora nas aquisições na planta.Alexandre Rossa

  60. Li alguns falando sobre consórcio. Lembrem-se que incide INCC sobre o saldo devedor do consórcio antes da contemplação e durante a compra do imóvel, sendo assim, a taxa de juros fica praticamente a mesma do financiamento.

  61. Eu investi, em 11/2009 na compra de um imóvel na planta (as obras ainda não tinham iniciado, era pré-lançamento) no Rio de Janeiro(Taquara). O valor era 105.000,00 – 50m². Dei uma entrada de 3.000,00 no ato e parcelei o restante da entrada durate a obra, com parcelas de $170,00 e 3 intermediárias anuais de 3.000,00. Assinei com a CEF em 09/2010 – Como as obras ainda não haviam iniciado, o bem não valorizou e não tive que pagar nenhuma diferença no ato da assinatura. Paguei o ITBI e demais despesas cartorais, o que deu uns 2500,00. O saldo devedor (80.000,00) foi financiado na CEF.Se eu quiser morar nele hoje, minhas parcelas com a CEF são de 500,00 e vai diminuindo gradualmente até chegar na última que é 250,00. Tenho 3 opções hoje, morar nele, vendê-lo pelo dobro(200.000) do preço ou mais, ou alugar(1000,00). Agora para conseguir isso fiquei 1 ano inteiro, indo em tudo que é lançamento imobiliário, conversando com diversoes corretores, com o tempo fiquei cascudo nas histórias dos corretores, nas mentiras e verdades. A tentação algumas vezes foram grandes, mas se tiver calma, paciência, você consegue. Acho que não custa nada abrir mão de ficar assistindo Faustão e visitar alguns empreendimentos (A MAIORIA TEM PLANTÃO DE VENDAS DOMINGO). O problema é que brasileiro acha que fim de semana é só para descansar e dia de semana usa o tempo que deveria estar trabalhando na empresa para resolver a vida pessoal e acha que vai encontrar todas as respostas no google. Depois compra um imóvel a “culha” baseado nas M… que os outros disseram e fica lamentando-se o resto da vida. O mercado é cruel. mercado imobiliário no BR é uma bagunça, então é um motivo a mais para você pesquisar com calma e se precaver. Atualmente sou investidor imobiliário. Continuo com meu emprego fixo e tento aunmentar meu patrimônio comprando, valorizando, reformando e vendendo no mercado imobiliário.

  62. O valor da entrada do meu imóvel na planta era de 34 mil, já paguei a metade desse valor, e se eu quitar o valor restante da entrada, eu deixo de pagar o INCC das parcelas futuras da entrada do Apartamento?

  63. Vejo muitos comentários aqui baseados apenas em especulações e preconceitos, quando não são por dificuldades em fazer contas. A matemática é linda por isso, pois nesses casos aqui revelam nossas frustrações. A lei da Economia é simples: até mesmo o dinheiro tem seu preço se quiserem tomar emprestado. E isso vale pra qualquer área, seja ela imobiliária, construção civil, bancária, agropecuária, latifundiária, bolsa de valores, etc. Parem de reclamar sobre isso e, pra entender, procurem saber como cada um de vocês é remunerado, como o dinheiro de seu sustento chega até vocês, qual é a fonte dele e de quê isso depende. A partir daí, talvez alguns de vocês mudem até de ramo. Reclamemos, mas com razão. Opinemos, mas com fundamentos. Até o gari precisa da sujeira nas ruas pra ganhar seu sustento. Quem quiser usar sua inteligência, pense nisso.

  64. Para quem duvida que um apartamento comprado na planta e mais barato que na entrega das chaves, vai uma dica: guarde esta matéria durante os 36 meses de obras e leia novamente na entrega do imóvel.Quando o apto. estiver pronto, procure a construtora em 2015 se passando por um cliente novo e faça uma proposta abaixo do valor de lançamento. Pra surpresa dos que duvidam desta matéria, verão que a construtora irá aceitar o valor proposto. Porque? 1º:Por causa dos distratos; 2º: A passagem da Copa; 3º: Ano pós eleição a economia enfraquece; e outros.

  65. adorei as informações estava pensando em comprar na planta,mas tinha dúvida, neste caso vou esperar ficar pronto.

  66. olá, como o banco tem demorado muito pra regularizar os papeis para liberar o financiamento,a construtora disse que poderia pedir o congelamento do incc sobre o saldo devedor. Então se vc esta aguardando também a liberação do financiamento ligue a agora e solicite o congelamento do INCC sobre saldo devedor. São poucas as construtoras que dizem isso, porque é o que rende lucro pra eles.

  67. “Juros no pé” já ouviram isto???FIM DE DISCUSSÃO.COMPRA DE IMÓVEL NA PLANTA Ê LOUCURA!Realmente ñ vale a pena: este juris abusivo, mas previsto em lei no STJ, elimina qualquer vantagem de compra de um apartamento na planta.

  68. bom comprei um apartamento que já se encontra em obras e a finalização está prevista para dezembro de 2014, no valor de 545,000.00 ficou entrada de 83,650.00 parcelas de 2,000.00 e 3 balões de 26,000.00 por semestre até 2014 a compra foi realizada no dia 27/06/2013 e já a primeira parcela e também no relatório de pagamentos-saldo devedor, fui surpreendido com tudo reajustado, parcelas, balões e saldo devedor já no primeiro dia útil do mês de julho o que já dá uma grande diferença no valor final, isso está correto?

  69. Quem se meteu em “investir” em imóveis, com o passar do tempo cai na real que realmente o investimento foi para quem está construindo (construtora), financiando (bancos) e recebendo os impostos (governo). A bem da verdade, tudo é uma furada. Os comentários aqui neste site já refletem isso. A grande maioria que chegou aqui é porque caiu na real. A coisa não é tão simples como parece. O juro é composto, o prazo é longo, sem contar os altos valores envolvidos. Não estamos falando de 50-100 reais, estamos valando de valores com 3-4 zeros à direita.

  70. Quem escreveu está matéria no minímo nunca comprou algo, quanto mais um imóvel, realmente com os valores que ele citou fica mais barato comprar o imóvel depois de construído, mas ele esquece de acrescentar que um imóvel que hoje custa 300 mil na planta normalmente após construído chega a valer 380 mil, e isto não é um caso isolado ocorre com todos os imóveis.

  71. Bom visto os relatos VENHO a questionar o seguinte, tenho um financiamento de apertamento USADO com a caixa o qual já moro e estou comprando um apartamento na planta. Sendo funcionário publico não teria condições hj de compra – lo a vista. O IDEAL PROCURAR UMA CONSTRUTORA DE NOME, FAZER UM PLANEJAMENTO FAMILIAR E SALARIAL PARA ANALISAR AS CONDIÇÕES DE COMPRA CONSIDERANDO JA A POSSIBILIDADE DOS JUROS COBRADOS E VER SE VALE A PENA E E TER NA CABEÇA, NADA NESSA VIDA SAI DE GRAÇA TUDO QUE VC COMPRAR TEM ALGUEM POR TRAZ ESTARÁ LUCRANDO POUCO OU MUITO, ENTÃO PARA DE SE LAMENTAR E FAÇA AS COISAS ACONTECEREM PRA SUA VIDA, PENSE NA SUA VANTAGEM COM O BEM ADQUIRIDO E NAO NOS LUCROS QUE O OUTRO COM CERTEZA ESTARÁ GANHANDO EM CIMA DE VC.

  72. Me desculpa a ignorância, se eu comprar um imóvel na planta de 300mil vou pagar 60 mil antes de ficar pronto, só depois a caixa irá financia-lo para mim já com o valor do imóvel valorizado mais 30%.Quer dizer que irei pagar 60 mil antes e depois 390 mil é isso.Se eu não tiver renda para os 390 mil eu perco os 60 mil já gasto com a construtora.Porque a caixa não financia logo no inicio da construção ? já que são todos da mesma laia.

  73. deixei as xerox dos meus documentos para fazer uma avaliação de aprovação pelo banco do brasil foi aprovado mais não quero mais não assinei contrato nenhum tem algum problema de eles ficarem com minha xerox dos meus documentos

  74. NÁO COMPREM IMÓVEL NA PLANTA. NÃO VALE A PENA, ALÉM DA LONGA ESPERA, A EXPECTATIVA TODA, AINDA SAI MUITO MAIS CARO.ESPERE E COMPRE APENAS QUANDO O IMÓVEL JÁ TIVER SIDO ENTREGUE.

  75. Pode até ter fundamento essa informação de que um AP na planta sai mais caro devido as correções de INCC e IGP-M mas os cálculos estão escandalosamente errados! As parcelas do financiamento NÃO SÃO fixas e sim decrescentes.PRESTEM MAIS ATENÇÃO!!!

  76. Achei equivocada esta notícia. Primeiro que normalmente as construtoras pedem aqui no estado do Rj de 25% a 37% período obra e se esta porcentagem for a vista normalmente você ganha de 10% a 15% de desconto no valor da planta. O aumento real do imóvel depois de pronto é de 20%. Não tem como não ser vantajoso.

  77. Comprei em outubro de ano passado um apto no valor de R$ 338 mil. Dei 33 mil de entrada e parcelas de 1800 reais (8x). uma intermediária de R$ 8 mil. Meu saldo devedor ficou em 302 mil. Porém, o valor do imóvel, 13 meses depois passou de 338 mil para 480 mil. Vejo vantagem em comprar na planta se você tiver praticamente todo valor para quitar o apartamento 2 ou três anos depois. Aí vale a pena. Entrar num financiamento é muito complicado, pois os bancos exigem muita coisa. Por exemplo, eu não consegui o financiamento de 70 mil porque eu tenho diabetes tipo 2. O banco não autorizou o financiamento e nem deu retorno.

  78. Tenho um saldo devedor de 148 mil reais e ainda faltam 10 parcelas até o momento da chave. 1 -Quais seriam as vantagens de eu abater 48 mil? 2- Quanto isso me geraria de economia? 3 – O INCC passaria a incidir apenas sobre o saldo restante?

  79. Pra quem tem condições de comprar o imóvel pronto, sem dúvidas que é a melhor opção, para ter retorno mais rápido.Más levando em consideração o Deficit Habitacional no país, a maioria das pessoas que compram na planta (exclui deste grupo os investidores), compram desta forma porque esta é a unica condição de compra que possuem, sendo que o sinal exigido na construtora que trabalho é em torno de 3% do valor do imóvel.Quanto a correção, depende do financiamento, pois a correção do saldo devedor pode ser apenas de 3 a 6 meses, e não do período todo de obras.Quanto aos riscos, vai da construtora. Neste caso sim, vale a pena pesquisar bastante, pois se escolher a construtora errada, o sonho pode virar dor de cabeça.

  80. Olá Luis. Para receber uma análise mais detalhada de seus cálculos, procure ajuda especializada. Um contador ou um profissional que atue no ramo de financiamento pode ser uma boa opção.

  81. Melhor ainda: não compre imóveis.Melhor pagar aluguel do que pagar juros durante 20 anos.Sei que esta é uma decisão emocional, a pessoa acha que realizou um sonho porque agora tem algo “seu”, mas na verdade acaba de entrar em um pesadelo. Em um financiamento de 20 anos, você estará pagando 2 apartamentos: um pra você e outro para o banco. Calcule quanto vc paga de aluguel. E compare com o valor dos juros, disponível em qualquer simulador de financiamento imobiliário.

  82. Pessoal cuidado na hora da compra de imovel na planta…vejam comprei apto na planta construtora zafir valor R$ 153.000,00 durante as obras paguei R$ 40.000,00 quando fui financiar a construtora passou o saldo devedor quase infartei R$ 170.000,00 absurdo…vou atraz dos meus direitos

  83. valorização de imóvel na planta realmente EXISTIA,comprei um imovel em 04/2012 valor 400.000,00 já paguei 100.000,00, e hoje 04/2014, tenho saldo devedor de 360.000,00. só me resta repassar perdendo e muito ou esperar que tenha uma valorização,que sei que não vem, os valores estao baixando, liguei para o corretor da construtora para saber o valor imovel no mesmo andar e pra minha surpresa custa 420.000,00. definitivamente NÃO COMPRE NA PLANTA , não é vantagem.

  84. Financiei uma cs no valor d 82 mil dei 10 mil d entrada mais mesmo assim as parcelas ficaram muito altas estão no 417 reais por mes! Minha reclamação tem fundamento, sou domestica cm sabem ñ tenho direito a fgts q audaria a abater tenho tentado d todas as maneiras encontrar uma saida estou cm medo d perder minha cs por favor se alguem souber d algo q possa m ajudar, Agradeço.

  85. comprei um imóvel na planta na construtora pdg e confesso que estou em pânico, estou pagando mensais de 2.000,00, em vez desse valor ser amortizado meu saldo devedor cresce cerca de 2.000,00 mes a mes.nao sei o q fazer pois o meu planajemanto inicial era de financiar cerca de 140.000,00, mas pelo andar da carruagen ate a entrega das chaves terei que financiar cerca de 200.000,00

  86. o valor das parcelas é congelado após a assinatura com a caixa ou esse valor mudará após a entrega das chaves?; a pessoa da caixa responsável disse para mim antes de eu assinar que esse valor da prestação depois da assinatura congela mas estou preocupado !!!

  87. Estou pensando em comprar um apartamento em construção que será entregue em dez/15 e pagar a vista sendo que terei um “desconto” aproximadamente de 40 mil reais, é um bom negócio.

  88. Pra melhor informar digo que ao comprar um imovel na planta, as prestações mensais do imóvel adquirido, são decrecentes, ou seja, o valor das prestações mês a mês vão diminuindo.

  89. Essa matéria muito ruim…comprei um imóvel na planta 112.000 de 12.000 de entrada em fgts a caixa financiou 109.000 o financiamenyo as parcelas serão decrescentes e entrará em vigor na entrega das chaves….Não achei desvantagem

  90. Comprar imóvel na planta é UMA ROUBADA. Não indico para o pior inimigo. Na hora de vender os corretores são desonestos e não informam o cliente, omissão da verdade. A correção INCC é de matar qualquer um, as anuais saem um absurdo e ao atualizar o saldo devedor você vê a merda que fez.

  91. Bom dia, ainda fiquei com dúvida sobre financiamento de imovel na planta.Estamos interessados em um imóvel no valor de 330 mil, a construtora pede 30% de entrada a ser pago durante 30 meses. Após esses 30 meses iriamos pedir o financiamento para o banco, com nossa renda atual ( 7600) o banco financiaria até 210 mil. A minha dúvida é se teriamos q pagar ao banco apenas o saldo que sobrou apos dar entrada para a construtora ou se eu vou financiar 330 mil com o banco novamente, ou seja, ainda terei q dar 120 mil para o banco?

  92. Comprei um imóvel no RS – Canoas na planta , em Junho 2014 , achei ser um bom negócio pois tinha em anos anteriores comprado outro e obtive uma grande valorização.Caso é que hoje o imóvel que comprei na planta ficará pronto em Agosto de 2016,e me programei financeiramente para financiar parte e pagar 60% com recursos próprios. Porem me deparei com promoções no mesmo empreendimento, mesma localização, mesma metragem 30% mais barato para pagamento á vista.Me sinto lesado, acho que vou fazer um distrato. A pergunta é…Tenho diretos legais a esta diferença de valores?

  93. Olá, Andre! O ZAP não atua como intermediário ou participante entre o usuário e o anunciante. Para mais informações sobre a negociação, o contato deve ser realizado diretamente com o anunciante, por telefone ou mensagem. Esses meios de contato ficam disponíveis à direita da página, na área “Contatar o Anunciante”. Qualquer dúvida, estamos por aqui! 😉

  94. Olá, Josué! Tudo bom? Sugerimos que você procure um especialista que consiga avaliar sua situação com a atenção devida. Se precisar de alguma informação sobre venda ou locação de imóvel, estamos aqui! =)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.