04/05/2016

Pelo segundo mês consecutivo o preço médio do m² se mantém estável

Confira o valor médio do m² do mês de abril nas principais cidades do Brasil

Fonte: ZAP em Casa

Segundo relatório deste mês do FipeZAP, a média do preço dos imóveis permaneceu estável em abril, com variação de apenas 0,07% em relação ao preço registrado em março.

+ Faça seu cadastro no ZAP em Casa e fique por dentro das últimas de mercado imobiliário

+ O ZAP em Casa quer a sua opinião: clique aqui e conte o que você quer ver por aqui

O valor médio do m² em abril foi de R$ 7.619. A pesquisa realizada pelo índice FipeZAP acompanha o preço de venda dos imóveis em 20 cidades brasileiras. Rio de Janeiro se mantem como a cidade com o m² mais caro do País (R$ 10.340), seguida por São Paulo (R$ 8.623). Já as cidades brasileiras com menor valor médio por m² foram: Contagem (R$ 3.544) e Goiânia (R$ 4.261).

Rio_de_janeiro
Rio de Janeiro se mantem como a cidade com o m² mais caro, R$ 10.340 (Foto: Reprodução/Shutterstock)

Nos últimos 12 meses, o índice FipeZAP registrou crescimento acumulada de 0,21%, atingindo em abril a menor variação registrada na série histórica. A inflação esperada para o IPCA neste período foi de 9,19%, e o preço médio anunciado do m² apresentou queda real de 8,23%. Todas as cidades brasileiras que compõem o índice registraram variação inferior à inflação esperada nos últimos doze meses, sendo que em Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Recife, Niterói e Distrito Federal , houve queda nominal.

Segundo Eduardo Zylberstajn, economista da FipeZAP, “A queda nominal de preços reflete a percepção dos vendedores de que o mercado imobiliário passa por um momento negativo, em linha com o que vemos em todo o restante da economia.”

Quando analisadas individualmente, sete das vinte cidades pesquisadas tiveram variação negativa e em outros 13 municípios apresentaram aumento. Em Curitiba e Vitória o aumento dos preços em abril superou a inflação esperada pelo IPCA/IBGE (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo/ Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para o mesmo mês, segundo Boletim Focus do Banco Central do Brasil.

 

+ É possível utilizar o FGTS para comprar um imóvel para outra pessoa. Veja como

+ Vendas de imóveis usados tem crescimento em São Paulo

+ Saiba como usar o fundo imobiliário

+ Caixa promove o 12º feirão da casa própria

+ Veja dicas para ser dono de um imóvel e driblar a crise

+ IPTU não influencia na hora de comprar, mas deve fazer parte do orçamento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.