21/06/2010

Fique atento na hora de comprar aquecedores

Fique atento na hora de comprar aquecedores

Fonte: Revista do ZAP

Cuidados na aquisição e na manutenção podem evitar transtornos

Na hora de comprar um aquecedor, alguns fatores devem ser levados em conta para que o aparelho não fique sobrecarregado e não cause riscos à rede elétrica da casa nem aos habitantes dela. A primeira dica da arquiteta Helena Karpouzas, do escritório Inverno AA, é escolher aparelhos de potências condizentes com tamanho do ambiente – as fabricantes costumam indicar, no rótulo, a relação entre potência do equipamento e área do local em que será usado.

Também é importante observar outros fatores: por exemplo, quanto mais janelas no lugar, mais potente deverá ser o aparelho. Espaços com piso frio costumam ser mais úmidos e necessitam de modelos com potência maior, enquanto os revestidos de carpete, naturalmente mais quentes, aceitam aquecedores mais fracos.

Reserve uma tomada exclusiva para o aquecedor

CERTO: reserve uma tomada exclusiva para o aquecedor

O engenheiro mecânico Gilsomar Gabriel da Silva, da empresa de climatização Ambientech, alerta para a questão da rede elétrica, que deve estar preparada. A recomendação é checar as indicações das fabricantes quanto à capacidade dos disjuntores, e reservar uma tomada exclusiva para o aquecedor. “Esses equipamentos têm consumo alto de energia, e ligá-los em extensões pode sobrecarregar a rede e até causar um curto circuito, por exemplo”, diz.

Extensões, nem pensar

ERRADO: extensões, nem pensar

O alerta de Helena vai para os pais que têm aquecedores de resistência incandescente: apesar das medidas de segurança que vêm sendo implementadas por fabricantes, como grades de proteção, os aparelhos devem ser mantidos longe dos pequenos, para evitar queimaduras. Também é importante realizar limpeza e manutenção na periodicidade indicada no manual. No caso dos modelos a gás, os conselhos são cautela na instalação e, durante o uso, manter o ambiente ventilado, por causa da combustão do gás carbônico.

Manter a ventilação, aliás, é uma recomendação que serve para todos os tipos de aquecedor, já que ao esquentarem o ambiente, tornam-no também mais seco. A renovação do ar ajuda a manter a umidade. Além das janelas abertas, pode-se deixar uma bacia com água no local. Outra opção é usar um umidificador no mesmo local – alguns aquecedores têm essa função embutida.

>> Saiba como escolher o aquecedor ideal para sua casa
>> Lareiras: conheça os tipos, vantagens e desvantagens
>> Piso aquecido: como funciona, quanto custa e quando usá-lo

Tags: arquitetura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.