24/10/2008

Flores de plástico não morrem… E, ainda deixam os ambientes mais belos

Fonte: Globo online

Existem cópias bem fiéis com as diferentes tonalidades de cores de uma pétala, assim como todos os veios, texturas e espinhos

Rio de Janeiro – Foi-se o tempo em que as opções de flores artificiais eram consideradas cafonas e bregas. Cada vez mais parecidas com as naturais, as flores de plástico vêm garantindo seu espaço na decoração de diversos ambientes. Boa parte delas é produzida na China. São feitas de silicone, de plástico e de tecidos. Para minimizar a sensação de artificialidade, um dos principais truques dos adeptos das imitações é colocar um galho de flores de orquídea de silicone num vaso da planta natural. Assim as folhas verdadeiras e a terra aumentam a sensação de que a flor também é natural. Outra alternativa é misturar as flores artificiais com as desidratadas num mesmo arranjo. Vale a pena caprichar nos vasos e nos acessórios como bambus, musgos e jutas para compor o visual mais natural.

DivulgaçãoZap o especialista em imóveisFlores artificiais, da Branco etc

Existem cópias bem fiéis com as diferentes tonalidades de cores de uma pétala, assim como todos os veios, texturas e espinhos. Há até reproduções que exalam os aromas típicos de cada espécie, segundo Márcia Dytz, proprietária da Sunflower Floricultura. Mas, como nem tudo são flores… Claro que não faltam as imitações malfeitas com uma aparência bem artificial.

Márcia, que está há 15 anos no mercado, destaca que tudo depende do quanto se pretende investir, pois a regra é básica, quanto mais bela, mais cara. Ela conta que muita coisa mudou de lá para cá, especialmente em relação à qualidade das reproduções. Junto à evolução, também está a maior aceitação das pessoas em colocar um vaso de flor sintética em meio à mesa de jantar.

As pessoas vivem com pressa, não têm tempo e, às vezes, paciência para cuidar de plantas. Um arranjo de flores naturais deve ter a água trocada quase diariamente. Já manutenção das artificiais é simples, basta passar uma escovinha para tirar o pó. Algumas delas são laváveis”, afirma Márcia.

Certamente, há quem torça o nariz para as imitações. Mas Bebete Dale, que faz os arranjos da loja Branco etc, ressalta que as flores artificiais são ótimas para dar um toque especial aos lavabos, aos banheiros e às entradas de apartamentos, locais onde não há luminosidade e condições para o desenvolvimentos das plantas. Ela alerta que o que mais denuncia a artificialidade é a folhagem. Por isso, as imitações de espécies com poucas folhas são as mais bonitas. Entre elas, a orquídea, o copo-de-leite, o lírio, o jacinto e a rosa.

Zap o especialista em imóveisArranjo de flor artificial da Branco etc

Na a da compra, num primeiro momento, as plantas artificiais até pesam um pouco mais no bolso, mas como duram muito pode ser mais vantajoso a longo prazo. Não é novidade que além de embelezar os ambientes, ainda oferecem harmonia aos espaços. Para os adeptos da prática milenar chinesa, as flores de plástico também são benéficas aos ambientes. Maria Teresa Saldanha, presidente do Instituto Brasileiro de Feng Shui, as plantas e flores artificiais são reproduções da natureza e têm as formas das espécies naturais.

Não têm a força e o poder das plantas naturais, mas, certamente, carregam a energia das formas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.