30/10/2006

Frutos do realismo industrial

Fonte: O Globo

Índia tem marcas próprias e faz carros fáceis de consertar

Das marcas locais, a Hindustan é a mais antiga (1942) e hoje, além do Ambassador, faz modelos da Mitsubishi.

Outra veterana é a Mahindra, que começou produzindo o Jeep Willys em 1947, e hoje é forte no setor de utilitários, caminhões leves e máquinas agrícolas.

A Maruti é a líder de vendas e revolucionou o mercado local ao lançar o popular Maruti 800, carrinho que se destacava pela modernidade na década de 80.

Outra bem popular é a Tata, que começou montando caminhões Mercedes-Benz, desenvolveu modelos próprios e hoje faz também utilitários e carros de passeio. Recentemente a fábrica fechou um acordo com a Fiat.

A Premier Automobiles já teve dias melhores. Começou na década de 40 montando carros da Chrysler, mas viveu a glória com o Padmini, um Fiat 1.100 da década de 60. A fábrica fechou em 2001, mas reabriu recentemente para fabricar uma minivan a diesel.

Marcas multinacionais hoje também fazem sucesso, tanto com carros importados quanto com modelos produzidos na Índia. Atualmente, a vice-líder em produção na Índia é a sul-coreana Hyundai.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.