05/03/2012

Gastos com reformas de imóveis devem ser declarados no Imposto de Renda

Gastos com reformas de imóveis devem ser declarados no Imposto de Renda

Fonte: Revista do ZAP

Prazo para a entrega do Imposto de Renda (IR) 2015 termina às 23h59 do dia 30 de abril

Gastos com reformas e ampliações de imóveis também devem ser informados na declaração do Imposto de Renda, pois aumentam o valor do bem, como explica o contador e advogado Giovani Dagostim, da Dagostim Contadores Associados. É importante informar esses gastos para não correr o risco de pagar IR a mais quando o imóvel for vendido.

“Os valores decorrentes de gastos com construção, reforma, ampliação, como também de obras que aumentem a vida útil do bem, tais como pintura, reparos em azulejos, encanamentos etc, podem integrar o valor de custo do imóvel”, afirma Dagostim.

A informação de tais gastos, aumentando o valor de aquisição do imóvel, tende a trazer benefícios quando esse imóvel for vendido. O custo de aquisição do bem será maior e, por consequência, menor será o lucro da operação que será posta à tributação.  

Comprovação dos gastos
Tudo o que foi gasto com a reforma ou ampliação de um imóvel deve ser comprovado por meio de documentos idôneos, tais como notas fiscais, contrato de prestação de serviço, recibos devidamente assinados com a perfeita identificação da fonte pagadora, do beneficiário e a que se refere o pagamento.

De acordo com Dagostim, os documentos devem ficar arquivados pelo prazo de cinco anos a contar do primeiro dia do ano seguinte (na prática, são seis anos de arquivo).

>> Como fazer a declaração do imóvel no Imposto de Renda 2015

>> Saiba como declarar financiamento de imóveis no Imposto de Renda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.