30/03/2007

Gastos vão muito além do preço do imóvel

Fonte: Jornal da Tarde

Nunca esqueça que, depois de fechar a compra da casa nova, muitas despesas vêm à tiracolo

DivulgaçãoZap o especialista em imóveisDepois de tirar do papel a sua casa nova, é hora de sentar e calcular os gastos com documentação e manutenção

Ao se preocupar com o pagamento do valor do imóvel, muitas vezes, o comprador se esquece que outras despesas devem ser somadas ao gasto total que a família vai ter antes de poder mudar-se para a tão sonhada casa própria.

Após liberado o financiamento, é hora de transferir a documentação. E os custos são bem altos. Quanto mais caro o imóvel, mais o proprietário vai ter de desembolsar. A escritura e o registro devem ser feitos no Tabelião de Notas e no Cartório em que o imóvel estiver localizado, respectivamente.

Quem adquiriu um imóvel de R$ 50 mil, por exemplo, vai pagar R$ 952,64 pela escritura e mais R$ 710,81 para registrar o imóvel (já incluído a taxa de R$ 27,19 da certidão do ato praticado na matrícula). O total é de R$ 1.663,45. Mas, esse valor sobe para R$ 3.135,31 (R$ 1.927,16 da escritura e R$ 1.208,15 do registro), se a casa própria custar R$ 150 mil.

Para ter a escritura do imóvel, no entanto, é necessário pagar antes à Prefeitura o Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), que representa 2% do valor do bem e tem de ser pago à vista.

Os consumidores que comprarem a casa própria por intermédio de uma imobiliária têm ainda um gasto extra de cerca de 5%, correspondente à comissão do corretor imobiliário.

Existem ainda outros despesas secundárias, que, somadas, representam um bom desfalque nas contas do fim do mês, caso não tenham sido previamente programadas. Entre elas, estão as taxas cobradas para ligar ou religar os serviços essenciais, como água, esgoto, telefone e energia elétrica.

A Sabesp cobra R$ 166 para a primeira ligação da rede de água e esgoto em uma residência. Se a rede já estiver funcionando e o imóvel vazio, a tarifa cobrada é de R$ 29, e R$ 40 se houver dívida anterior a ser quitada para reativar o fornecimento. Já, a ligação do esgoto é gratuita.

Pedir ligação da rede elétrica ou solicitar transferência de nome da conta para a Eletropaulo não custam nada. Mas se for caso de religação, a taxa média cobrada é de R$ 5,48 (para redes bifásicas) com prazo de até 24 horas para ser ativada. Quem tiver urgência vai ter de pagar R$ 29,96 para ter a rede funcionando em até quatro horas. O custo é acrescido na próxima fatura.

Para mudar de endereço uma linha de telefone, a Telefônica cobra R$ 88,01. E, se o cliente quiser habilitar uma nova linha, vai pagar a tarifa de acordo com o plano escolhido. O mais simples custa R$ 88,01.

Telefones e sites importantes

Sabesp
Para ligação ou religação de rede de água e esgoto
Telefone 0800-0119911
Internet

Eletropaulo
para solicitar ligação, religação ou transferência de
conta de energia elétrica
Telefone 0800-72 72 120
Internet

Telefônica
para habilitação ou mudança de endereço de conta telefônica
Telefone 10315

Anoreg-SP
(Associação dos Notários e Registros do Estado de São Paulo)
para consultar telefones e endereços de cartórios e tabelionatos no Estado e tabelas de preços cobrados pelo registro e pela escritura do imóvel
Telefone 3105-8767
Internet

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.