01/03/2019

Guarda móveis e self storage: saiba o que são e como funcionam

Muito famosos nos Estados Unidos, o self storage e o guarda móveis estão se estabelecendo aos poucos no Brasil

Fonte: ZAP em Casa

Depois de se popularizar nos Estados Unidos, o serviço de self storage (auto armazenamento, em tradução literal), começa a chegar no Brasil. O guarda móveis, por sua vez, já é do conhecimento de alguns brasileiros, sendo muito utilizado em casos de mudança para imóveis menores.

Com os dois serviços no País, muitas pessoas ficam sem saber qual escolher, e outras nem mesmo sabem para que servem. Pensando nisso, decidimos explicar as características de cada serviço, de modo a apontar as vantagens e as desvantagens de cada um e as diferenças que existem entre os dois. Confira:

Self storage

guarda móveis
Pouco conhecido no Brasil, o self storage agrada pelos espaços privativos (Foto: Shutterstock)

De modo simples, o serviço de self storage pode ser definido como a disponibilização de espaços privativos para armazenamento de objetos, desde que não sejam perecíveis ou necessitem de condições especiais. São alugados ambientes com diversos tamanhos e métodos de garantia e proteção.

Nos Estados Unidos, onde surgiu na década de 1960, é muito utilizado por famílias que possuem alguma herança de valor sentimental e não querem ou não têm a possibilidade de manter em seus imóveis. Já no Brasil, o serviço vem sendo utilizado para o armazenamento sobretudo de peças de carro ou móveis.

Guarda móveis

guarda móveis
Semelhante a um galpão, o guarda-móveis não oferece espaços privativos (Foto: Shutterstock)

O serviço de guarda móveis, por sua vez, como o próprio nome já indica, é especializado no armazenamento de móveis, sejam eles montados ou desmontados. Não há a possibilidade de guardar outros objetos, por mais que sejam itens comuns a uma casa.

Diferente do self storage, o guarda móveis armazena os objetos em galpões abertos, onde é possível alugar apenas metragens pré-definidas pela empresa que oferece o serviço, ou seja, não há a opção de armazenamento privativo, o que pode ser visto como uma desvantagem.

Dúvidas comuns

guarda móveis
Acesso e frete dos objetos são dúvidas muito comuns entre contratantes dos serviços (Foto: Shutterstock)

Uma dúvida muito comum, se tratando de serviços de armazenamento, é relacionada ao frete dos objetos. No caso do self storage, o transporte dos itens a serem guardados são de total responsabilidade do contratante do serviço. Já no que diz respeito aos guarda móveis, algumas empresas costumam oferecer o serviço de frete, mas geralmente como uma opção cobrada à parte.

Outra dúvida é em relação ao acesso aos itens. Muitos contratantes têm o receio de não serem permitidos de acessar os objetos guardados, mas na maioria das empresas que oferecem o serviço os itens podem ser acessados e até mesmo retirados e mais tarde devolvidos. Nos self storage, inclusive, o acesso pode ser feito durante todo o dia, tendo em vista que o ambiente é privativo.

Valorize seu imóvel antes de colocá-lo para alugar

Aprenda a arrumar um armário pequeno:


+ Conheça o modelo de avaliação automatizada

+ Saiba quais são os seus direitos após a compra de um imóvel

+ Primeiro imóvel: veja o que é importante na hora de comprar

+ Valorize seu imóvel antes de colocá-lo para alugar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.