19/08/2008

Há adegas climatizadas de vários tamanhos e cores

Fonte: Globo online

Adega climatizada, além de conservar o vinho, ainda dá toque especial ao ambiente

Na onda de reunir os amigos para degustar bons vinhos, surge o desejo de caprichar no ambiente e investir nas adegas climatizadas e nos diversos acessórios que dão ainda mais charme ao ritual. Além de conservar o vinho da melhor maneira possível e ajudar a servi-lo na temperatura adequada, as adegas climatizadas ainda podem conferir certo status ao ambiente.

Diante desse cenário, muitos fabricantes passaram a investir nesse nicho de mercado. Hoje são vários os modelos e fornecedores de adegas climatizadas e apetrechos. Alguns itens tornaram-se verdadeiros alvos de cobiça.

Zap o especialista em imóveis                     Há adegas climatizadas de vários tamanhos e cores

Em geral, as adegas climatizadas contam com modernos sistemas de refrigeração eletrônica, capazes de proteger os vinhos contra o calor, as oscilações de temperatura e a trepidação. E, na carta, não faltam opções.

Há modelos com capacidade entre seis e 200 garrafas, com acabamentos em madeira e aço. Nas cores preta, branca e prata e na tonalidade da madeira escolhida. Geralmente, contam com porta em vidro duplo com gás argônio para impedir a passagem de raios ultravioletas.

Há display com controle digital de temperatura, o que permite selecionar a temperatura ideal para vinhos brancos, tintos e espumantes. Prateleiras com deslize ergonômico, projetadas para melhor descanso do vinho e luz interna, com desligamento automático. Enfim, os preços vão de R$ 749 a R$ 15.859, conforme a capacidade e acabamento do produto.

Alguns lançamentos foram pensados exatamente para as pessoas que não dispõem de muito espaço para acomodar adegas maiores, mas que não abrem mão de proteger seus rótulos.

Para o médico Eduardo Cruz, de 43 anos, que tem o hábito de beber vinho, duas vezes por semana, participa de cursos e degustações, no mínimo duas vezes por mês, na Associação Brasileira de Sommeliers (ABS), a adega climatizada é indispensável para conservar seus vinhos.

– Como gosto de comprar vinhos melhores como europeus e chilenos, investi também numa adega climatizada. Não faz sentido comprar vinhos bons e não os conservar corretamente. A minha tem capacidade para 40 garrafas. Acho que aquelas pequenas não valem muito a pena porque quando chamamos os amigos para degustar, seis garrafas não dão para nada – explica o médico.

Zap o especialista em imóveisTermômetro digital

Ele também tem decanter, cooler que resfria o vinho em instantes, taças específicas para cada tipo de vinho, termômetros, diversos abridores, tampas especiais e livros. Cruz conta que sua próxima aquisição será uma espécie de balde elétrico, que dispensa o uso de gelo.

– É curioso como a adega virou a atração da minha casa. Outra coisa bacana é que a partir do momento em que pessoas descobrem que gosto muito de vinho, todos os meus presentes são relacionados à bebida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.