12/12/2013

Imóvel na praia tem diárias a partir de R$ 120 no litoral paulista

A diária média mais barata é a de apartamentos com um dormitório em cidades do litoral norte, como Ubatuba e São Sebastião

Fonte: ZAP Imóveis

Alugar um imóvel para passar as festas de final de ano ou as férias de janeiro vai custar entre R$ 120 e R$ 1.793 no litoral paulista, segundo pesquisa em 40 imobiliárias de 12 cidades feita pelo Creci-SP (Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo).

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Clique aqui e cadastre-se

Diárias estão, em geral, mais caras do que na temporada de 2012. Aumento chega a 97% em alguns imóveis (Foto: Banco de Imagens / Think Stock)

A diária média mais barata, de R$ 120, é a de apartamentos com um dormitório em cidades do litoral norte, como Ubatuba e São Sebastião. Já a mais cara, de R$ 1.792,86, é para casas com quatro dormitórios também na mesma região.

No entanto, uma casa de três dormitórios capaz de acomodar até 15 pessoas, em locais como Guarujá e Bertioga, pode ser alugada por uma diária de R$ 883,33, valor que sobe para R$ 1.270 no litoral norte e cai para R$ 698,75 na parte sul, em praias como Praia Grande e Peruíbe.

Apartamentos de dois dormitórios, por sua vez, estão sendo ofertados em média por R$ 330 no litoral norte, por R$ 486,36 no litoral central e por R$ 390 no litoral sul.

Quem precisa de mais espaço pode, por exemplo, trocar a diária mais cara das casas de quatro dormitórios no litoral norte por imóveis semelhantes com locações bem menores. Esse tipo de imóvel pode ser encontrado pela metade do preço – R$ 871,43 a diária – nas cidades de Itanhaém, Mongaguá, Praia Grande e Peruíbe.

Apesar de contar com os valores mais acessíveis na região norte, os apartamentos de um dormitório sobem a R$ 225 por dia de locação no litoral sul e R$ 215,71 no centro. Há também casas de um dormitório disponíveis, em média, por R$ 229,17 a R$ 300 pela extensão da costa paulista.

Ainda de acordo com o levantamento, as diárias estão, em geral, mais caras do que na temporada de 2012. Em 21 tipos de imóveis pesquisados, o aluguel de 15 está custando mais neste ano. O maior aumento (97%) foi encontrado nas praias do litoral sul do Estado, no qual a diária de apartamentos de três dormitórios passou de R$ 400 para R$ 787,50.

“E as diárias poderão até aumentar mais se o verão não for atípico”, afirmou José Augusto Viana Neto, presidente Creci-SP, via nota.

“Havendo sol intenso e calor, mesmo com as tradicionais chuvas rápidas de verão, é provável que muita gente prefira passar dias ou semanas na praia”, completou.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.