10/10/2011

Imóvel: preço do metro quadrado sobe

Fonte: Jornal da Tarde

Depois de desacelerar por dois meses, o preço médio dos apartamentos voltou a subir com mais intensidade em setembro na capital. Em média, os imóveis ficaram 2% mais caros em comparação com o mês anterior, segundo o índice calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) em parceria com o portal de ofertas Zap (índice FipeZap). Em junho, a alta mensal chegou a 2,6%. Nos dois meses seguintes, o ritmo de alta havia sido cada vez menor: 2,2% e 1,7%.

Imóvel: preço do metro quadrado sobe
Imóveis (Foto: Divulgação)

O coordenador do índice FipeZap, Eduardo Zylberstajn, afirma que a alta de setembro é mais baixa que a registrada ainda no segundo semestre do ano, mas continua em patamares elevados. No ano, os apartamentos acumulam elevação de 20,9% no preço. Em setembro, o preço médio do metro quadrado registrado na cidade foi de R$ 5.778. Na divisão por áreas, a região do Ibirapuera/Vila Nova Conceição manteve o posto de líder do metro quadrado mais caro: R$ 8.837.

Para o coordenador da pós-graduação em negócios Imobiliários da Faap, Ricardo dos Santos Ferreira Gonçalves, existe uma expectativa das construtoras e incorporadoras em obter um retorno integral já no lançamento, situação que impulsiona os valores dos imóveis novos e também reflete no mercado de usados. Em sua opinião, a tendência é que o mercado caminhe para uma acomodação de preços, mas isso dentro de um médio ou longo prazo.

Segundo Zylberstajn, a alta nos preços combinada com uma desaceleração nas vendas são sinais que o mercado busca o ponto de equilíbrio, mas o cenário ainda é de aquecimento. “A demanda continua elevada, o crédito forte e mercado de trabalho com números positivos. Esse conjunto contribui para que o mercado não se altere por enquanto. Temos que acompanhar a crise internacional e seus impactos no mercado de trabalho brasileiro, no mercado financeiro e suas consequências.”

Diante de um cenário positivo na economia brasileira com opções de crédito e trabalhadores com segurança no emprego, o diretor comercial da Requadra Incorporadora, Marcos França, está otimista com o lançamento de um empreendimento na região do Brás. Ele afirma que imóveis bem localizados, próximos de estações de metrô, sempre terão boa procura.

LEIA MAIS:

Assista no ZAP imóveis como realizar a vistoria do imóvel novo

Preço do metro quadrado sobe 30% em um ano, segundo FipeZap

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.