19/11/2008

Imóvel usado ou na planta? Escolha bem a sua casa

Fonte: Jornal da Tarde

Avalie bem as suas necessidades e as da família antes de comprar um novo lar

Comprar um imóvel virtual e esperar até ele ficar pronto, confiante na unidade decorada que você visitou no terreno ainda vazio. Ou comprar um novo já concluído. Ou quem sabe um usado…

A última opção pode trazer vantagens, segundo especialistas no setor, como a relação espaços maiores-preços menores, em torno de 20%. Mas o estado geral do imóvel vai pesar muito na decisão: se precisar de uma reforma grande, o preço pode deixar de ser atraente.

“O comprador deve visitar o local acompanhado de um arquiteto ou engenheiro antes de fechar o negócio. O profissional pode apresentar um orçamento prévio do que seria gasto para tornar o espaço adequado e se a reforma é grande ou não. Esse instrumento serve para negociar até um desconto ou definir uma desistência”, explica o diretor da Embraesp, Luiz Paulo Pompéia.

O presidente do Creci, José Augusto Viana Neto, também recomenda uma avaliação criteriosa. “Primeiro deve-se saber se o imóvel é de uso residencial, comercial ou misto e pesquisar a situação da via pública, além de ver as condições de infra-estrutura tanto do prédio quanto do apartamento ou casa”, afirma. Se há rachaduras, infiltrações, canos entupidos, rede elétrica mal resolvida.

Perfil
As necessidades dos futuros moradores também precisam ser consideradas. “Um apartamento no primeiro andar, de fundos, tem um preço bem baixo, se comparado a um com uma bela vista e num andar mais alto, assim como a ausência de uma piscina ou spa barateia o empreendimento. Ele pode ser perfeito para um casal em início de vida, sem filhos, que estuda e trabalha, fica fora o dia todo. Já uma família, com dois filhos pequenos, vai dar prioridade à vista e aos itens de lazer. ?Isso encarece a taxa condominial”, diz Viana Neto.

De acordo com o vice-presidente da Fernandes Mera Negócios Imobiliários, Gonçalo Fernandez, tem havido um crescimento do mercado de imóveis usados. “Há alguns anos, não havia grande oferta de crédito para financiar esse tipo de empreendimento, mas os bancos mudaram, aquecendo esse segmento. Além disso, os terrenos estão escasseando em vários bairros, como Higienópolis e Jardins. Isso acaba reduzindo a oferta de unidades novas.”

Compare as diferenças:

Usado
Está pronto para a mudança
Espaço maior nos apartamentos
Pode precisar de reforma
Condomínio mais barato
Prédios têm só salão de festas
Nenhuma ou 1 vaga de garagem

Novo na planta
Pode levar meses até a entrega
Unidades bem menores
Troca de alguns itens, como piso
Condomínio mais caro
Abundância em itens de lazer
Mais de uma vaga

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.