08/07/2010

Imóvel usado vale até 50% menos do que lançamentos em SP

Fonte: Revista ZAP Imóveis
(Foto: Divulgação)
Imóvel usado é um bom negócio para os investidores (Foto: Divulgação)

Apesar de muitos consumidores já imaginarem que os preços dos imóveis usados são mais em conta que os dos novos ou na planta, a pesquisa da Administradora Lello prova que os valores são de 20% a 50% inferiores aos dos lançamentos residenciais ou empreendimentos em construção.

Em nota, a administradora afirma que a maior disponibilidade de financiamentos bancários, que hoje já responde por 40% das vendas realizadas, contra 20% há três anos, e a possibilidade de descontos por parte dos proprietários para agilizar o fechamento do negócio tornam a compra de imóveis usados mais atraente.

No caso de apartamentos e de imóveis comerciais, é possível encontrar valores de venda proporcionalmente menores em unidades já prontas, na comparação com outras de características similares em uma mesma região que estejam na fase de lançamento.

“Os imóveis de terceiros têm a vantagem de serem disponibilizados praticamente no ato para os compradores, tão logo seja finalizada a transação financeira, não havendo a necessidade de se aguardar por dois ou três anos até a entrega da unidade, que ainda terá de ser mobiliada e decorada, e muitas vezes depende ainda de colocação de pisos e alguns acabamentos”, Roseli Hernandes, diretora da Lello Imóveis.

Roseli diz, ainda, que os imóveis usados podem ser visitados “fisicamente” pelos interessados. “O cliente sabe exatamente aquilo que está comprando, e por isso a chance de ele se arrepender depois, é menor”, diz.

Além disso, afirma a gerente da Lello, o imóvel usado é um bom negócio para os investidores, uma vez que ele poderá começar a usufruir dos rendimentos da locação rapidamente, logo após a entrega das chaves, obtendo retorno sobre o investimento realizado na compra da unidade. No caso do imóvel usado, diz Roseli, será possível saber de ante-mão informações precisas como os valores do condomínio e do IPTU.

A gerente da Lello ressalta, no entanto, que o imóvel em lançamento, apesar do preço proporcionalmente mais alto, também apresenta vantagens. “O comprador terá um imóvel totalmente sem uso, moderno e com áreas de lazer mais sofisticadas como fitness, varanda gourmet e espaços de convivência, dentre outros”, conta ela.

EXEMPLOS DE BAIRROS ONDE ISSO ACONTECE:
Mooca
Usados – R$ 2.500 a R$ 3.000 média do m²
Novos – R$ 3.510 a R$ 4.000 média do m²

Itaim Bibi e Vila Olímpia
Usado – R$ 4.010 a R$ 4.500
Novos – R$ 6.000 a R$ 6.500

Moema e Ibirapuera
Usados – R$ 4.010 a R$ 4.500
Novos – R$ 6.510 a R$ 7.000

De quanto era essa diferença antes?
Nos últimos 12 meses a alta dos imóveis novos cresceu 24%, e os usados 14%

Mais algum número adicional:
Segundo pesquisa Ibope, realizada para a revista Exame, no geral em São Paulo a média de preços de novos é R$ 4.519 e usados é R$ 3.919.

LEIA MAIS:

CASA OU APARTAMENTO? VEJA O QUE LEVAR EM CONTA NA HORA DA ESCOLHA

CONHEÇA OS CINCO PROBLEMAS QUE MAIS ATORMENTAM OS CONDÔMINOS

TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE COMPRA, VENDA E LOCAÇÃO DE IMÓVEL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.