15/03/2010

Inadimplência alta gera castigo coletivo em vários condomínios

Fonte: Jornal Extra
Inadimplência compromete os investimentos no prédio (Foto: Divulgação)
Inadimplência compromete os investimentos no prédio (Foto: Divulgação)

Restringir o uso da piscina ou da sauna para determinados dias da semana, desligar um dos elevadores e aumentar a cota condominial. Esses são alguns “castigos coletivos” a que os moradores são submetidos quando a inadimplência no pagamento do condomínio atinge altos níveis. Segundo o vice-presidente de assuntos Condominiais do Secovi Rio, Leonardo Schneider, um índice considerado grave de inadimplência é superior a 8%, ou seja, quando esse percentual de moradores atrasa o pagamento da cota por mais de três meses.

“A inadimplência compromete o orçamento do prédio, que precisa ter fluxo de caixa. Quando muitos moradores não pagam, é preciso economizar de várias formas. Sem contar que os adimplentes acabam pagando essa conta”, afirmou Schneider, ressaltando que as medidas radicais devam ser o último recurso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.