05/06/2009

Inadimplência em condomínios de SP cai pela primeira vez no ano

Fonte: Revista ZAP

Segundo o levantamento do grupo Hubert, número de ações contra inadimplentes em condomínios diminuiu 35% entre os meses de março e abril deste ano

O número de ações contra inadimplentes em condomínios diminuiu 35% entre os meses de março e abril deste ano, segundo o levantamento realizado pelo grupo Hubert. Desde o vigor da lei, julho do ano passado, a taxa de inadimplência condominial já apresentou recuo de 40,96%.

A queda é a primeira registrada no ano. De acordo com o diretor do grupo Hubert, a lei 13.160, de autoria da deputada estadual Maria Lúcia Amary, que autoriza o protesto do boleto de cobrança de condomínios, em caso de inadimplência, veio em boa hora, já que ela está conseguindo diminuir eventuais dificuldades que a crise financeira internacional e seus reflexos poderiam criar para o pagamento da taxa condominial.

No entanto, a queda verificada em abril, de acordo com a pesquisa, é maior do que a registrada em dezembro do ano passado, quando foi apurado o menor número de ações desde que a lei entrou em vigor. No quarto mês do ano, 833 ações foram distribuídas, enquanto, naquele mês, 654 ações foram geradas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.