11/01/2007

Inadimplência em condomínios manteve índice estável em 2006

Fonte: Editoria Zap

Balanço realizado pela Lello em cerca de mil condomínios da capital revela que índice de inadimplência no ano passado foi de 6,3%, o mesmo de 2005

A inadimplência em condomínios de São Paulo manteve índice estável em 2006. Balanço realizado pela Lello, empresa de administração condominial, apontou que a inadimplência manteve média de 6,3% nos condomínios administrados pela mesma na capital paulista. O índice seguiu o mesmo ritmo de 2005, também com 6,3% de inadimplência.

O levantamento tomou como base dados de inadimplência obtidos em cerca de 1.000 condomínios administrados pela empresa na capital. De acordo Carlos Henrique, gerente de Cobrança da Lello Condomínios, o investimento na cobrança amigável e a negociação do prazo de pagamento evitaram que o número de inadimplentes aumentasse em 2006.

“Após a vigência do novo Código Civil, que reduziu a multa sobre a inadimplência, a administradora investiu em cobrança amigável. Foi criado um sistema que envia automaticamente boletos aos condôminos impontuais, estendendo o prazo de pagamento em toda a rede bancária com multa e juros já calculados e, oferecendo todas as facilidades possíveis para a quitação de sua cota”, afirma Carlos Henrique.

Balanço da empresa revela, ainda, que a média de pagamentos em atraso por mais de um mês vem se mantendo estável. Em 2004 o índice atingiu 6,9%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.