07/08/2009

Indicador de vendas de imóveis usados sobe nos EUA

Associação Nacional dos Corretores de Imóveis informou hoje que o índice de vendas pendentes subiu 3,6% em junho e atingiu 94,6, ante os 91,3 registrados em maio

(Foto: zeafonso/stock.xchng)
Em comparação a junho do ano passado, o índice subiu 6,7% (Foto: zeafonso/stock.xchng)

Washington – As vendas pendentes de imóveis residenciais nos Estados Unidos aumentaram em junho pelo quinto mês seguido, o mais longo período em seis anos. A Associação Nacional dos Corretores de Imóveis (NAR, na sigla em inglês) informou hoje que o índice de vendas pendentes subiu 3,6% em junho e atingiu 94,6, ante os 91,3 registrados em maio. Em comparação a junho do ano passado, o índice subiu 6,7%.

“As taxas de juros hipotecárias em níveis historicamente baixos, os preços mais acessíveis dos imóveis e a oferta ampla estão encorajando compradores que estavam de lado”, disse o economista-chefe da associação, Lawrence Yun.

O índice divulgado pela NAR, feito com base em contratos assinados de residências usadas, é considerado um instrumento de projeção para o mercado de imóveis residenciais usados. A venda de um imóvel é considerada pendente quando o contrato foi assinado mas a transação ainda não foi concluída, o que, normalmente, leva até dois meses nos EUA.

 As informações são da Dow Jones

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.