19/10/2012

Índice de inflação usado no reajuste de aluguéis tem queda na segunda prévia de outubro

Índice de inflação usado no reajuste de aluguéis tem queda na segunda prévia de outubro

Fonte: Revista do ZAP

Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) ficou 0,15% abaixo do observado no mesmo período do mês anterior

A segunda prévia de outubro do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, aponta uma queda da inflação neste mês. A taxa registrada na segunda prévia, medida entre os dias 21 de setembro e 10 de outubro de 2012, ficou em 0,15% abaixo do observado no mesmo período do mês anterior, que havia sido 0,84%, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

A queda foi provocada pela redução da inflação nos preços por atacado. O subíndice de Preços ao Produtor Amplo variou 0,01% na segunda prévia de outubro, bem abaixo do 1,11% da segunda prévia de setembro. Os alimentos in natura foram os principais responsáveis por esse movimento, já que passaram de uma inflação de 0,81% para uma deflação (queda de preços) de 1,57%.

Os outros dois subíndices que compõem o IGP-M tiveram comportamento oposto. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu de 0,37% em setembro para 0,52% em outubro, graças principalmente ao aumento de preços de 0,55% nas roupas, que, no mês anterior, haviam tido redução de preços de 0,42%.

O Índice Nacional de Custo da Construção aumentou de 0,14% em setembro para 0,21% em outubro. Os materiais, equipamentos e serviços registraram inflação de 0,42%, ante o 0,3% do mês anterior. O custo da mão de obra não apresentou alta, assim como na segunda prévia de setembro.

Leia mais:
>> Prévia de outubro mostra tendência de queda na inflação dos aluguéis
>> Tire suas dúvidas sobre aluguel
>> Ofertas de imóveis para alugar na Grande POA
>> Anuncie seu imóvel no Pense Imóveis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.