30/07/2010

Índice que reajusta aluguel acumula alta de 5,85% no ano

Fonte: O Globo online
 No mês anterior, o índice havia fechado em 0,85% (Foto: Divulgação)
No mês anterior, o índice havia fechado em 0,85% (Foto: Divulgação)

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) desacelerou para 0,15% em julho, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). É a menor taxa registrada neste ano, como mostra o gráfico abaixo. No mês anterior, o índice havia fechado em 0,85%.

Com isso, o IGP-M, usado como referência na maioria dos contratos de aluguel, acumula alta de 5,85% no ano – maior do que a vista no mesmo período de 2009 (-1,66%) –  e de 5,79% nos últimos 12 meses.

Depois de variar 1,09% no mês passado, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) fechou em 0,20%. O índice de matérias-primas desacelerou para 1,22%. No mês anterior, havia ficado em 3,67%. Os itens minério de ferro (23,05% para 2,48%), leite in natura (1,66% para -5,97%) e milho em grão (3% para -3,49%) foram os principais responsáveis por essa queda.

Segundo a FGV, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) apresentou variação de -0,17%. Quatro das sete classes de despesas componentes do índice registraram avanços em suas taxas de variação: despesas diversas (0,44% para 0,85%), alimentação (-1,36% para -1,05%), transportes (-0,17% para -0,06%) e saúde e cuidados pessoais (0,46% para 0,54%), enquanto vestuário (0,93% para -0,28%), educação, leitura e recreação (0,10% para -0,13%) e habitação (0,40% para 0,23%) tiveram desaceleração.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) registrou, em julho, variação de 0,62%, abaixo do resultado do mês anterior, de 1,77%.

LEIA MAIS:

CAI NÚMERO DE AÇÕES DE DESPEJO EM SP

SEGURO-FIANÇA REPRESENTA 29,7% DAS LOCAÇÕES EM SP

TIRAR INQUILINO DE IMÓVEL ESTÁ MAIS FÁCIL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.