02/05/2016

Inspire-se na decoração industrial

Estilo pode ser usado em qualquer cômodo da casa se caracteriza pelo uso de materiais rústicos

Fonte: ZAP em Casa

Estilo que pode ser usado em qualquer cômodo da casa se caracteriza pelo uso de materiais rústicos como o ferro, o cobre e a madeira de demolição

A decoração industrial é uma das apostas para 2016. Aplicada em qualquer cômodo, tem como motivo trazer itens que remetam a uma indústria para dentro do lar. Materiais rústicos como o ferro, o cobre e a madeira de demolição são os principais protagonistas da decoração, que traz ainda tijolos, concreto e vigas metálicas aparentes, além de tubulações de elétrica e hidráulica expostas.

+ Faça seu cadastro no ZAP em Casa e fique por dentro das últimas de decoração

+ O ZAP em Casa quer a sua opinião: clique aqui e conte o que você quer saber

O arquiteto da Adoiz Arquitetura, Gabriel Negrão, ensina que todos eles podem ser empregados em diferentes funções. “Pense em uma estante feita toda em ferro, contrastando com azulejos na parede que remetam a uma antiga estação de metrô. Para completar, no teto, uma luminária em cobre fica responsável por ‘dar luz’ à bancada em madeira de demolição”, sugere.

decor_industrial
Objetos vintages e com o aspecto pesado caem super bem na decoração industrial (Foto: Divulgação/Gorenje)

Iluminação

Por falar em luz, o item é muito importante neste estilo. Geralmente, em qualquer tipo de projeto, a iluminação desenvolve dois papéis: o prático, de ter de iluminar, e o cênico, que significa luz certa, no lugar certo, na proporção certa para valorizar o que se quer valorizar. No ‘decor’ industrial, o enfoque maior é justamente o cênico. “Aqui é interessante deixar áreas na penumbra para valorizar o clima intimista que o estilo sugere”, diz Negrão.

decoracao_industrial
Materiais rústicos como o ferro, o cobre e a madeira de demolição são os principais protagonistas da decoração, que traz ainda tijolos, concreto e vigas metálicas aparentes (Foro: Reprodução/Pinterest)

Cores e objetos

Em relação às cores mais indicadas em projetos do tipo, o arquiteto aposta em uma paleta mais básica: invista no preto, no branco e em tons pastéis. “Cores fortes como o vermelho, roxo e laranja até podem ser empregados, mas a linha é muito tênue. É muito fácil errar”, diz.

Quanto aos objetos e eletrodomésticos, eles não precisam ser necessariamente antigos ou com aspecto de velhos. “A linguagem tem de apenas remeter ao ‘vintage’. E ter ‘peso’ também. Industrial é sempre pesado aos olhos”, completa. Algumas marcas apostam em peças do tipo. A Gorenje tem uma linhas de refrigeradores chamada “Retrô Collection”. Sai por R$ 11.546 na Center Garbin. A Brastemp é outra a apostar no estilo. Um fogão de piso da linha Retrô Timer Grill Quatro Bocas parte de R$ 3.399 no site da fabricante.

 

+ Faça você mesmo porta-copos com botões de costura

+ Achados de decoração na São Paulo Fashion Week

+ Confira 7 itens indispensáveis de decoração para a casa

+ Aprenda a usar o dourado na decoração de sua casa

+ Veja dicas para escolher um gabinete para banheiro sem erro

+ Revestimentos 3D ganham destaque nos ambientes

+ Malva e cinza são eleitas as cores do ano para decoração

+ Aprenda a usar cobre na decoração

+8 inspirações para decorar a cozinha com economia

+ Veja alguns segredos para acertar na escolha da cor

+ Móveis de ferro na decoração

+ Pedras populares são coringas na decoração

 

 

+ Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Clique AQUI e cadastre-se! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.