15/12/2006

Investir em imóveis no Centro é a ‘bola da vez’

Fonte: Jornal da Tarde

Região central é a aposta do mercado; os preços são menores do que os outros bairros e não baixarão mais

Este é o momento para investir em imóveis no Centro de São Paulo. Preços mais baratos para compra e aluguel do que em outras regiões da Cidade, acesso fácil aos meios de transporte, comércio e lazer. Há também a tentativa do poder público de revitalizar essa área da Cidade, com ações como a transferência de alguns órgãos estaduais para a região e o projeto Nova Luz, da Prefeitura.

Essas medidas podem ajudar a reverter a degradação, atrair novos moradores e revitalizar a região. Apesar das vantagens, os especialistas afirmam que o mercado ainda não atrai um volume maior de interessados. O que se está assistindo é o esvaziamento do Centro por causa das condições da região, afirmam especialistas do mercado imobiliário.

Os profissionais do mercado de habitação admitem que não há uma procura desesperada pela compra e venda de imóveis no Centro, no entanto a expectativa é de que a busca aumente. O Centro começa a entrar em um momento em que poderá se tornar um pólo de novos lançamentos.

Oportunidade

A região central da Cidade atualmente é uma oportunidade como nenhum lugar no mercado. Mesmo mais elevados do que há três anos, os preços de imóveis na região estão menores se comparados a outros bairros, e a tendência é de que não baixem mais.

Agora é o momento de investir, afirmam os profissionais do ramo imobiliário. Um apartamento de um dormitório e suíte, com 50 metros quadrados, na Rua São Francisco, no Centro, por exemplo, custa R$ 53 mil.

Já o preço de outro, com 60 metros quadrados, também com um dormitório e suíte, mas em Cerqueira César, sobe para R$ 483 mil.

A tendência natural da ocupação do Centro vai ser as residências, afirmam as fontes consultadas.

Atualmente, a maior parte dos moradores dessa região é formada por famílias de menor poder aquisitivo. A questão da segurança ainda é um ponto que impede a classe média de se instalar com maior força nesse local.

Os especialistas apontam a possibilidade de bons investimentos em bairros como Campos Elíseos e Santa Cecília, já que ainda existem terrenos por ali.

Empresários do segmento imobiliário afirmam que existe um interesse dos pequenos e dos médios investidores em comprar imóveis na região, mesmo em áreas que estão degradadas.

Estariam na mira dos investidores imobiliários as residências de vila, os sobradinhos geminados e as lojas – para dar espaço para os novos empreendimentos.

Tratam-se de imóveis que envolvem um valor baixo e que podem representar um porcentual elevado de valorização do bem, explicam corretores de imóveis consultados pela reportagem.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.