07/12/2009

IPI: móvel deve custar de 5% a 10% menos

Fonte: O Globo
Isenção nos preços de eletrodomésticos já está em vigor há um tempo (Fotos: Divulgação)
Isenção nos preços de eletrodomésticos já está em vigor há um tempo (Fotos: Divulgação)

O anúncio da isenção de IPI para móveis promete aquecer as vendas neste fim de ano. A expectativa da Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimovel) é de que as empresas repassem descontos iguais ou até superiores à desoneração – de 5% a 10%, que são as taxas referentes às alíquotas de sete categorias de produtos, que estão zeradas até 31 de março de 2010.

E como a isenção nos preços de eletrodomésticos já está em vigor há um tempo, o setor espera que o consumidor destine seu orçamento de fim de ano para a compra de móveis.

MEDIDA PROMETE ELEVAR EM 10% VENDAS DE FIM DE ANO – Gerente de marketing do CasaShopping, que reúne cerca de cem lojas, Gilda Antoniazzi prevê uma redução de no mínimo 5% nos preços. A medida, diz, deve elevar em 10% as vendas até o fim de março:

“Nossa primeira ação será comunicar esse fato ao cliente, por meio de ações de marketing. Foi uma grata surpresa.”

A redução vale para móveis de madeira, de metal, de cozinha, de outros materiais como ratã e bambu, de plástico, além de painéis de partículas (exceto os usados em pavimentos) e assentos e suas partes.

O governo anunciou ainda a prorrogação do IPI menor para 38 itens de materiais de construção – entre eles estão cimentos, tintas, vernizes, argamassas, ladrilhos, disjuntores, revestimentos e vergalhões – até junho de 2010. Sem a extensão do prazo, o benefício terminaria no fim deste ano.

ENCONTRE SEU IMÓVEL NO ZAP:

LEIA MAIS:

ADEGAS PARA MANTER A QUALIDADE DO VINHO

MÓVEL SOB MEDIDAS NO LUGAR CERTO

1 Comentário

  1. Que estranho, no último mês,eu estava pesquisando o valor dos móveis antes da “redução de IPI” e os preços estavam mais baixos!O que será que aconteceu? Será que sonhei durante um mês inteiro?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.