11/12/2012

Jardim desenhado: paisagismo une estética e funcionalidade

Jardim desenhado: paisagismo une estética e funcionalidade

Fonte: Revista do ZAP

Cenário verde atende ao gosto do morador e, naturalmente, oferece privacidade à residência localizada num bairro de luxo em Florianópolis

Este projeto verde partiu do plantio de espécies de palmeiras Phoenix canariensis. Na parte interna do terreno, foram inseridas quatro delas em locais e com alturas estratégicos.

Ricardo Wolffenbüttel / Agência RBSQuatro palmeiras phoenix canariensis protegem a área de lazer com piscina dos olhares curiosos. Ao mesmo tempo que elas dão privacidade, criam uma excelente área de sombra

“A função principal das palmeiras foi dar privacidade à área da piscina residencial, já que ao lado fica um hotel que tem muitas das sacadas voltadas para a casa” explica a arquiteta paisagista Vanessa Dreyer Marinho, que, juntamente com Katia Adams, assinou o paisagismo.

Como a residência fica localizada em Jurerê Internacional, bairro de Florianópolis conhecido pelos imóveis de alto padrão, com mansões luxuosas e abertas para as ruas — livres de muros —, outra solução foi a criação de uma cerca viva com arbustos margeando a área do terreno. A barreira verde ficou mais robusta porque as profissionais optaram por fazer duas linhas horizontais com podocarpus plantados.

Ricardo Wolffenbüttel / Agência RBSNa parte externa, o jardim começa menor e cresce de fora para dentro do terreno. Ao tapete verde de grama coreana somam-se as tuias kaizukas. A cerca viva de podocarpus funciona como um muro. Mais próximo das janelas, o maciço de cicas

A pedido do cliente, que viaja muito, o projeto ainda contemplou um jardim francês particular, que se destaca pela simetria. Ele ganhou forma no canto do terreno, que fica numa esquina. Um caminho feito com tijolos de demolição permite que os moradores circulem pelo ambiente.

O solo quase na sua totalidade ganhou um tapete de grama coreana, mais fina. Outra escolha do proprietário, segundo as arquitetas.

Ricardo Wolffenbüttel / Agência RBSJardim francês desenhado com buxos, uma espécie que possibilita diferentes formatos. Ele parte do centro, onde fica uma fonte de água e um recheio de flores com sálvias vermelhas. Tijolos de demolição fazem o passeio

O paisagismo da fachada segue a linguagem da arquitetura da casa, com um layout limpo e bastante simétrico. Predominam os contrastes de verde na disposição das plantas, entre elas aspargos-vela e barba-de-serpente. Duas palmeiras delimitam e emolduram a área receptiva.

Apesar do jardim ocupar uma área significativa do terreno, a proposta apresentada, conforme as arquitetas, é de baixa manutenção. Com exceção da grama coreana que necessita de poda, as demais espécies de plantas demandam poucos cuidados.

Leia mais:
>> Jardim vertical torna acesso convidativo
>> Apartamentos verdes: plantas deixam ambientes mais aconchegantes
>> Veja casas à venda em Jurerê Internacional

Tags: paisagismo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.