02/02/2017

Juros do financiamento da Caixa serão mais baixos para clientes com menor risco

Iniciativa deve começar já no primeiro semestre de 2017

Fonte: ZAP em Casa

Na última quarta-feira (1), a Caixa Econômica Federal anunciou que deve oferecer taxas mais baixas no financiamento imobiliário para os clientes considerados de menor risco, como por exemplo os que derem uma entrada maior ou tiverem empréstimos de prazo mais curtos. O comunicado foi feito pelo vice-presidente de Habitação da instituição Nelson Antonio de Souza.

+ Faça seu cadastro no ZAP em Casa e fique por dentro das últimas de decoração

+ O ZAP em Casa quer a sua opinião: conte o que você quer ver por aqui

Atualmente, as taxas oferecidas pelo banco não são padronizadas para quem não possui uma conta. Segundo o vice-presidente, eles pretendem ter isso em operação ainda neste primeiro semestre. “Vai ser uma espécie de cadastro positivo: quem oferecer níveis de risco menores poderá ter juros mais baixos”, disse Souza.

financiamento-imobiliario
A Caixa Econômica Federal anunciou que deve oferecer taxas mais baixas no financiamento imobiliário para os clientes considerados de menor risco (Foto: Shutterstock)

Hoje em dia, a Caixa detém 67% do mercado de financiamento habitacional, e ela vem buscando formas de incentivar o setor, que é bastante afetado pela crise econômica do País.

Para quem não se lembra, o banco foi o primeiro a anunciar corte nas taxas de juros para o setor em novembro, logo após o Banco Central ter dado início a um ciclo de cortes da taxa Selic.

De acordo com Souza, a Caixa não deve realizar novos cortes nos juros para o crédito imobiliários nos próximos meses, mesmo com a esperada queda da taxa Selic.

Na última semana, a Associação Brasileira de Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) comunicou que os empréstimos feitos por meio do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), em 2016, para comprar e construir teve uma queda de 38,3% se comparado a 2015.

O vice-presidente de Habitação da Caixa acredita que um dos fatores para fortalecer o financiamento para a compra de imóveis em 2017 é a entrada em vigor das Letras Imobiliárias Garantidas (LIG), que é um instrumento de captação de recursos para o setor.

Veja a opinião do coordenador do índice FipeZAP, Eduardo Zylberstajn, em entrevista para o ZAP Pro.

 

+ Para quem sonha com a casa própria, vale a pena sacar o dinheiro do FGTS?

+ Saiba como fazer um financiamento e até quanto pode pagar

+ Com queda da taxa Selic, bancos anunciam redução dos juros

+ Veja dicas para escolher um imóvel novo ou usado

+ Alugar ou comprar um imóvel? Assista ao vídeo e tire sua dúvida

O que é o financiamento de imóveis?

Financiamento pré-fixado ou pós fixado?

Amortização de financiamento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.