13/05/2007

Juros para imóveis de até R$100 mil caem

Fonte: O Globo

Taxa foi reduzida para 8,7%. Economia pode chegar a R$22,5 mil

Aqueda dos juros da casa própria para famílias com renda mensal entre R$3,9 mil e R$4,9 mil deve gerar uma economia de até R$22,5 mil nos contratos de financiamento imobiliário, segundo cálculos da Caixa Econômica (CEF). A taxa caiu de 10,16% ao ano mais Taxa Referencial (TR) para 8,66% mais TR. A medida, anunciada pelo Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), vale somente para imóveis de até R$80 mil (ou R$100 mil, no caso de Brasília).

Até 100% do valor do imóvel poderá ser financiado, mas as regras valem apenas para contratos novos — quem já entrou no sistema com a taxa de juros antiga não poderá renegociar.

Para Anefac, condições ainda podem melhorar

Segundo simulação da CEF, com a redução dos juros, em um financiamento de imóvel avaliado em R$100 mil, com prazo para pagamento de 15 anos, a prestação cairia de R$1.466,62 para R$1.341,62. Daí, a economia de R$22,5 mil.

Para Miguel Oliveira, vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), as condições de financiamento devem melhorar ainda mais nos próximos meses. Por isso, quem puder, deve esperar mais um pouco para comprar imóvel:

— A expectativa é que os juros continuem caindo, acompanhando a tendência da Selic — diz Oliveira, para quem os mutuários devem preferir a amortização da dívida pelo Sacre, em vez da Tabela Price.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.