19/11/2008

Lançamento de condomínios-clube deve duplicar nos próximos três anos

Fonte: Editoria Zap

Perfil dos novos empreendimentos residenciais em SP é desafio para gestores

A busca crescente por espaços que ofereçam lazer e conveniência para toda a família com total segurança gerou um novo fenômeno em São Paulo: a demanda por empreendimentos “condomínios-clube”.

Geralmente instalados em terrenos com área superior a 8 mil m², esses “super-condomínios” reúnem opções como quadra de tênis, academias, espaço gourmet, serviços de pet care, mini campos de golfe e garage band.

Levantamento realizado no mercado pela Lello, admistradora de condomínios de São Paulo, aponta que entre 2009 e 2011 o número de empreendimentos do tipo clube na capital e região metropolitana crescerá 114%, passando dos atuais 140 para 299 condomínios e representando 18% do total de novos lançamentos imobiliários.

Mas a administradora alerta: oferecer tantos recursos em uma área tão grande, geralmente com três ou mais torres, de forma condizente com as expectativas dos condôminos, exige atenção especial do síndico e da equipe que gerencia o condomínio para que os espaços e equipamentos funcionem de forma adequada e, sobretudo, para que sejam de fato utilizados pelos moradores.

“Contratar profissionais especializados em recreação e promover encontros temáticos, por exemplo, sempre com um cronograma definido, dá vida a esses espaços e evita que fiquem ociosos”, afirma Angélica Arbex, gerente de marketing da Lello Condomínios. “Os contratos com os fornecedores e prestadores de serviços requerem muito cuidado, para que se garanta uma correta manutenção de tudo que é oferecido”, conclui.

Dicas:
– Criar manuais de operação para todos os equipamentos de manutenção. Com manuais atualizados, a manutenção é feita mais rapidamente e evita-se que áreas de maior uso, como as piscinas, fiquem fechadas por muito tempo;

– Realizar encontros com profissionais de diferentes áreas. Por exemplo, palestras com nutricionistas; cursos de culinária com chefs de cozinha; esteticistas etc. Assim, espaços com Sala Gourmet, Espaço Mulher, entre outros, podem ser usados regularmente;

– Contratar profissionais especializados em recreação para desenvolver atividades com crianças e jovens, de acordo com sua faixa etária;

– Realização de pesquisas de satisfação entre todos os condôminos. Assim, é possível reforçar algumas ações/atividades, bem como rever outras;

– Realização de debates entre os moradores sobre temas pré-definidos;

– Organizar um cronograma de atividades para cada espaço de lazer, dividido por faixa etária;

– Realizar atividades em datas comemorativas (Dia das Crianças e Festa Junina);

– Desenvolver uma programação especial com torneios e competições, com entrega de prêmios e medalhas, para motivar a participação de todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.