23/11/2010

Lançamentos de imóveis em alta em SP

Fonte: Jornal da Tarde
(Foto: Divulgação)
É a maior alta desde março, quando foram colocados no mercado 3.959 residências (Foto: Divulgação)

O número de lançamentos de imóveis voltou a crescer em setembro na cidade de São Paulo, com uma alta de 77% em relação ao mês anterior. Foram colocados no mercado 2.894 unidades na capital, resultado superior ao de agosto, de 1.633 imóveis. É a maior alta desde março, quando foram colocados no mercado 3.959 imóveis residenciais.

No entanto, em relação ao mesmo período do ano passado, houve recuo de 32,47%, pois naquele mês de 2009 tinham sido lançados 4.286 unidades residenciais.

A região metropolitana, que engloba 38 cidades e a capital, também apresentou crescimento de novos imóveis no mercado, com aumento de 60%. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o crescimento é de 34,93%, já que no mês correspondente do ano passado foram lançados 5.677 unidades.

Para o economista chefe do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo (Secovi-SP), Celso Petrucci, o número de lançamentos mostra que o fim do ano deve ser aquecido para o mercado imobiliário. “As vendas devem continuar altas e pelo que estamos observando, os lançamentos também devem ser significativos”, afirma.

Para ele, a queda no número de lançamentos na capital em relação ao mesmo período de 2009 não é sinal de desaquecimento. “No geral, estamos melhor do que no ano passado”, diz Petrucci.

No acumulado do ano, 2010 atinge 20.675 lançamentos ou12% a mais do que nos nove primeiros meses de 2009, que totalizaram 18.453 unidades na cidade de São Paulo.

Vendas – Em relação as vendas de imóveis novos, a capital registrou crescimento de 70%, subindo de 1.638 em agosto para 2.785 em setembro. O resultado, porém, ficou abaixo do total vendido no nono mês de 2009, quando foram comercializadas 5.049 unidades.

No acumulado do ano, o resultado de vendas na cidade de São Paulo também é negativo, com 1,9% de recuo em comparação aos noves primeiros meses de 2009. Foram 24.605 imóveis comercializados entre janeiro e setembro deste ano ante 28.087 no mesmo intervalo de tempo do ano anterior. A expectativa do Secovi-SP é que o ano feche com a marca de 33 mil a 35 mil imóveis lançados e 36 mil vendidos.

LEIA MAIS:

Corredores ganham novas funções na casa

Dicas para arrumar quadros pelos ambientes

Confira os cuidados para manter os tapetes com cara de novos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.