12/05/2009

Liberte seu telefone do fio

Fonte: Jornal da Tarde

Como não existe padrão, a frequência do aparelho é o principal aspecto a ser observado na escolha

Os aparelhos de telefone sem fio estão cada vez mais parecidos com celulares não só no formato, mas na tecnologia digital aplicada na transmissão de voz.

Zap o especialista em imóveisOCD1402B, da Philips, possui capacidade para ramal sem a necessidade de fios

Nitidez e ausência de interferências é a proposta do mercado para o futuro da telefonia sem fio e a qualidade da ligação é determinada pela tecnologia de transmissão de dados, principal aspecto a ser observado na escolha. “Normalmente, as pessoas se preocupam com distância de alcance do aparelho em relação à base, mas ela é a mesma independente da frequência”, diz Erika Ito, analista da Panasonic. Segundo diz, a quantidade e a espessura das paredes são as principais barreiras.

Como não existe um padrão, há diferenças de frequência entre os aparelhos, por isso é preciso atenção. A mais antiga é a 900 MHz, com preços a partir de R$ 89.

Com ela convive a frequência 2.4 GHz, com preço um pouco maior, a partir de R$ 100 o aparelho. No entanto, essa é a frequência que mais sofre interferência de outros eletrônicos, pois a rede Wi-Fi (internet sem fio) funciona nessa mesma faixa e até o micro-ondas opera em 2.4 GHz.

Para contornar este “”congestionamento””, o mercado já oferece aparelhos que operam em 1,9 GHz (Dect 6.0). A onda de transmissão virou exclusiva para telefonia sem fio e é a que possui menos interferência. Um aparelho nesta faixa custa a partir de R$ 129. “Não é uma frequência menor ou inferior, é outra frequência. Isso mostra que nesse segmento, o preço faz a diferença na qualidade do produto”, comenta Isabela Fritelli, gerente da linha de telefones e acessórios da Philips.

A tecnologia Dect 6.0 também possibilitou o desenvolvimento do ramal sem fio e de diversos outros recursos, como a transmissão de voz em alta definição.

O mais recente lançamento são os produtos híbridos, que funcionam como telefone comum e VoIP, isto é, que realizam ligações por meio da internet. “O interessante é que não é necessário um computador para fazer uma ligação. Basta estar conectado a uma linha telefônica com internet”, explica Claudio Smith, gerente de produtos da Gigaset/Siemens.

Os especialistas alertam para o que consideram um erro: deixar o telefone na base quando não está sendo usado. Segundo eles, esta prática causa o desgaste precoce das baterias. “Isso aconteceu muito no passado, mas o consumidor está começando a perceber que o telefone veio para trazer mobilidade para o dia a dia. O aparelho deve ir para base somente quando a bateria pede”, recomenda a gerente da Philips.

Zap o especialista em imóveisOaparelhoA589IP, da Gigaset/Siemens é umhíbrido, pois funciona para linha telefônica convencional e para ligações VoIP (pela internet).

Ao lado, algumas opções de aparelhos que operam na frequência exclusiva Dect 6.0.

O aparelho A589 IP, da Gigaset/Siemens é um híbrido, pois funciona para linha telefônica convencional e para ligações VoIP (pela internet). Preço: R$ 359,90. Onde encontrar: Fnac

O CD1402B, da Philips, possui capacidade para ramal sem a necessidade de fios. Preço: R$ 229 o aparelho principal.
Onde encontrar: Magazine Luiza

O modelo TG6381, da Panasonic desliga a campainha no horário programado e tem identificador de chamada.
Preço: R$ 169. Onde encontrar: Fast Shop

O modelo CD6451B, da Philips, tem display colorido e alta
definição de voz. Preço: R$ 299. Onde encontrar: www.submarino.com.br

O FT 1922 ID, da Semp Toshiba, possui identificador de chamada, viva voz e bateria com duração de 8 horas de conversa. Preço: R$ 189. Onde encontrar: Lojas Pernambucanas

O Nova 800 Combo Duo, da Motorola vem com ramal sem fios e agenda  para 200 nomes. Preço do combo: R$ 579. Onde encontrar: Commcenter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.