24/04/2009

Locação tem foco no sul

Fonte: Jornal da Tarde

Residencial é mais valorizada em Santos. Para temporada, maior Rentabilidade no feriado

Viver da renda do aluguel, ter uma casa no litoral é um bom negócio, de acordo com José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP. Isso porque, assim como na Capital Paulista, o mercado nas regiões praianas também está saturado.

Robson Fernandjes/AELocação tem foco no sulLocação de apartamento com três dormitórios na cidade do Guarujá foi a mais cara do Estado em janeiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Existem poucos imóveis disponíveis para locação. Em Santos não há espaço físico para mais opções. Consequentemente, o aluguel na cidade é valorizado, assim como nas cidades litorâneas próximas da capital.”

A preferência é por imóveis de até R$ 600 mensais, que correspondem a 77% dos contratos. Apartamentos com um ou dois dormitórios são os mais procurados. Os reajustes seguem a variação do Índice Geral de Preços ao Mercado (IGP-M).

Segundo a pesquisa do Creci de janeiro, o preço de locação de apartamentos com dois dormitórios na região central de São Vicente variou de R$ 600 e R$ 700. Já em Santos, o mesmo tipo de imóvel tem aluguel mais caro: de R$ 800 a R$ 1 mil. Apartamentos de três dormitórios situados em bairros de áreas nobres da cidade chegaram a registrar o valor mais caro para locação no Estado em janeiro: R$ 3 mil a diária.

As imobiliárias consultadas no período registraram um aumento de 94,72% na locação na região.

“Embora fatores sazonais devam ser a principal razão para esse desempenho extraordinário, entre os quais as férias de Janeiro que estimulam as locações em cidades do Litoral, o que a pesquisa parece indicar é que a sociedade ainda tem forças para resistir à crise e sustentar um crescimento razoável das vendas e das locações este ano”, afirma Neto.

Já para imóveis de temporada, nos quais a locação não pode ultrapassar 90 dias, Neto afirma que o litoral norte concentra os maiores valores. “Enquanto um apartamento com um dormitório no Litoral Sul se situa na faixa de R$ 120 a diária, no Litoral Norte ele atinge R$ 180.”

Nos feriados, a tendência é de valorização. “No Carnaval, observamos uma variação de até 250% dos preços em comparação com o mesmo período do ano passado”, diz Neto. A queda na baixa temporada chega a, no máximo, 40%.

Mas a variação de preços entre as cidades é expressiva. No Carnaval, um apartamento do tipo quitinete em cidades como Praia Grande e Peruíbe podia ser alugados por R$112,86, enquanto uma casa de quatro dormitórios no Guarujá chega a valer R$1,3 mil por dia de locação no Carnaval deste ano. “Entre esses extremos, há valores para acomodar todo tipo de bolso.”

LOCAÇÃO:
SÃO VICENTE
R$ 600 a R$ 700

SANTOS
R$ 800 a R$ 1 mil

PRAIA GRANDE
R$ 650

*valores válidos para locação de apartamentos com dois dormitórios na região central das cidades

CARAGUATATUBA
R$ 550

SÃO SEBASTIÃO
R$ 500 a R$ 1 mil

UBATUBA
R$ 350

*valores válidos para locação de casas com dois dormitórios na região central das cidades

 

+ Veja casas para alugar em Curitiba

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.