01/07/2010

Locação apresenta queda de 15,79% em abril

Fonte: Revista ZAP Imóveis

As 1.530 imobiliárias pesquisadas pelo Creci-SP alugaram 3.412 imóveis em abril, o que fez o índice estadual de locação baixar 15,79% – estava em 2,6482 e caiu para 2,2301. O número de casas e apartamentos alugados em abril foi menor do quem março nas quatro regiões em que se divide a pesquisa.

(Foto: Verônica Lima)
Pesquisa mostrou que a maioria dos imóveis alugados em abril teve o fiador como garantia (Foto: Verônica Lima)

Na capital, a queda foi de 21,24%; no interior, de 9,04%: no litoral chegou a 35,75% e, nas cidades do ABCD, Guarulhos e Osasco, o recuo foi de 19,49%. As casas continuam sendo as preferidas na hora da locação – elas somaram 58,88% dos imóveis alugados em abril e os apartamentos, 41,12%.

Houve duas faixas de aluguel predominantes nas locações contratadas. Casas e apartamentos com aluguel mensal de até R$ 600 representaram 61,65% dos contratos assinados no interior e 64,5% dos contratos novos nas cidades do ABCD, Guarulhos e Osasco. A faixa até R$ 800 mensais foi dominante na capital (59,11% dos contratos) e no litoral (69,42%).

A pesquisa mostrou que a maioria dos imóveis alugados em abril teve o fiador como garantidor dos contratos. Ele, fiador, esteve presente em 90,85% dos contratos no interior; em 53,33% no litoral; em 45,38% na capital; e em 56,01% nas cidades do ABCD, Guarulhos e Osasco.

Os contratos cancelados em abril (2.010 contratos) equivaleram a 58,91% do total de novas locações. As imobiliárias consultadas registraram aumento de 12,29% na inadimplência, que passou de 4,15% dos contratos ativos em março para 4,66% em abril.

LEIA MAIS:

IGP-M MARCA INFLAÇÃO DE 0,85% EM JUNHO E DE 5,68% NO SEMESTRE

EM VEZ DE FIADOR, SEGURO-FIANÇA É GARANTIA EM CONTRATO DE LOCAÇÃO

ACERTAR A HORA DE COMPRAR O IMÓVEL É FUNDAMENTAL

CRESCEM AÇÕES POR ATRASO DE ALUGUEL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.