05/09/2008

Locações por até R$ 600

Fonte: Jornal da Tarde

No primeiro semestre deste ano, 55,94% dos contratos de aluguel são de até R$ 600 mensais

Os imóveis para locação com valores entre R$ 401 e R$ 600 foram os mais alugados no primeiro semestre deste ano na capital, segundo pesquisa do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de São Paulo (Creci-SP).

Os imóveis nessa faixa de preço representam 27,48% do total de imóveis locados no semestre. Se somados aos imóveis com locação entre R$ 201 e R$ 400 e aos de até R$ 200, a fatia dos imóveis com locação até R$ 600 chega a 55,94%. Imóveis com locação entre R$ 601 e R$ 800 alcançaram 18,58% dos contratos.

No Litoral, os imóveis com locação de até R$ 600 também foram maioria, com 68,37% dos contratos. Na região, a locação de unidades com valores entre R$ 601 e R$ 800 ficou em 13,68% dos contratos assinados no primeiro semestre deste ano.

Nas regiões do Interior e do ABC e mais os municípios de Guarulhos e Osasco, a maior parte dos contratos no primeiro semestre deste ano são de até R$ 400, 43,33% no Interior e 42,82% no ABC, Guarulhos e Osasco. Este é o primeiro ano que o Creci faz a pesquisa consolidada do semestre. Por isso, não há base de comparação com anos anteriores.

Nos primeiros seis meses a forma de garantia utilizada na maior parte dos contratos foi o fiador, principalmente no interior, onde este tipo de garantia foi utilizada em 87,55% dos contratos fechados. Para os imóveis locados no litoral o fiador esteve em 58,32% dos contratos. Na capital e na região do ABC, Guarulhos e Osasco 45,27% e 51,28% dos contratos tinham fiador como garantia, respectivamente.

A segunda forma de garantia mais utilizada foi o depósito na capital, do ABC e no Litoral. No Interior foi o seguro-fiança.

Números

A maior parte dos imóveis locados na capital e no litoral no primeiro semestre deste ano tinham aluguel de até R$ 600;

No interior e na região do ABCD, a maior parte das locações teve valor menor do que R$ 400 por mês;

A região da avenida Paulista mantém a liderança na alta dos aluguéis comerciais, de 2,16% em julho e valor do m2 a R$ 44;

Faria Lima vem logo atrás com aumento de 1,85% e locação por m2 chegando a R$ 33,80.

Fontes: Creci e Grupo Hubert

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.