23/08/2016

Madrepérola garante toque clássico e sofisticado na decoração

Material pode ser usado como revestimento ou em diversos objetos e, se usada de forma correta, traz delicadeza ao ambiente

Fonte: ZAP em Casa

Tradicionalmente conhecida por ser usada em joias, a madrepérola conquistou espaço na decoração. Com seu brilho cintilante, ela garante elegância e delicadeza ao ambiente. A madrepérola pode ser usada em um revestimento ou de forma mais discreta em algum objeto, são muitas as opções. E todas elas garantem ao local um toque clássico e sofisticado. Porém, todo cuidado é pouco para não errar na dose, exagerar no uso do material e trocar a delicadeza por brilho em excesso. Saiba como acertar no luxo da madrepérola.

+ Faça seu cadastro no ZAP em Casa e fique por dentro das últimas de decoração

+ O ZAP em Casa quer a sua opinião: clique aqui e conte o que você quer ver por aqui

A madrepérola é uma substância produzida no interior das conchas de alguns moluscos e é considerada semipreciosa. “Trata-se de um material muito sofisticado e muito bonito, que pode ser utilizado em vários ambientes e de diversas formas”, explica a arquiteta Neide Cirne, que acrescenta que a madrepérola é produzida com um conceito de sustentabilidade, prezando a consciência ambiental.

Revestimento de madrepérola
É preciso atenção para acertar o equilíbrio do uso da madrepérola na decoração e até para que o seu uso em excesso não diminua a sua importância no resultado final (Foto: Reprodução/Pinterest)

Por se tratar de um material mais sofisticado e por ser considerada semipreciosa, costuma ser mais caro que os materiais mais usuais, como madeira ou vidro. Porém, o investimento será compensado no final, quando o ambiente estiver pronto, e a madrepérola brilhar, literalmente, dando um ar sofisticado e elegante à decoração. “É um material de qualidade e, obviamente será mais caro. No entanto, ele agrega valor à decoração, bom gosto e durabilidade, desde que seja bem conservado”, afirma a arquiteta.

A madrepérola reflete a luz e pode apresentar uma variação de cores entre o branco off-white, rosa, dourado, marrom e bronze. Além disso, ela pode ser usada de diversas formas na decoração. A primeira delas é que para quem pode investir mais no material e apostar na madrepérola como revestimento. “O revestimento em madrepérola pode ser utilizado em diversos ambientes, desde as áreas íntimas, como quartos e banheiros, como na cozinha e também nas áreas mais nobres, como a sala“, detalha Neide Cirne.

Lustre de madrepérola
O investimento será compensado no final, quando o ambiente estiver pronto, e a madrepérola brilhar, literalmente, dando um ar sofisticado e elegante à decoração (Foto: Reprodução/Pinterest)

Porém, a madrepérola também pode ser usada em objetos, situação ideal para quem deseja dar um toque de sofisticação na decoração, mas não pode gastar tanto. Aí não faltam opções e podem aparecer em revestimento de porta-retratos, abajures, caixinhas, porta-joias, lustres, puxadores de gavetas, bandejas e até nos detalhes de talheres.

Porém, é preciso atenção para acertar o equilíbrio do uso da madrepérola na decoração e até para que o seu uso em excesso não diminua a sua importância no resultado final. “Quando utilizada, a madrepérola deve ser bem dosada, não só pelo seu valor. Porque, se utilizado em diversos ambientes de um mesmo imóvel, deixará de ser um elemento marcante para ser mais um em relação a outros tantos”, explica arquiteta.

Porta em madrepérola
A madrepérola reflete a luz e pode apresentar uma variação de cores entre o branco off-white, rosa, dourado, marrom e bronze (Foto: Reprodução/Pinterest)

Outro conselho é em relação ao uso junto com outros materiais. “A madrepérola não deve ser usada com outros materiais marcantes para não poluir o ambiente visualmente com muita informação”, acrescenta. A arquiteta ainda reforça que, por ser um material nobre e sofisticado, deverá ser utilizado em um lugar de destaque, independente de qual ambiente seja, mas sem ser usado com exagero porque informação em excesso pode tirar o foco da peça principal que é a madrepérola.

Piso de madrepérola
A madrepérola não deve ser usada com outros materiais marcantes para não poluir o ambiente visualmente com muita informação (Foto: Reprodução/Pinterest)

+ Peças de carros viram lindos objetos de decoração

+ Leve bom humor para a cozinha com acessórios divertidos

+ Saiba como usar balanço de madeira na decoração

+ Saiba o que fazer para que o ambiente não pareça menor

+ Grafite na decoração: veja como usar

+ Quarto de bebê pode ter móveis rústicos sem perder a delicadeza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.