19/06/2012

Máquina de produzir tijolos ecológicos é atração em feira da Rio+20

Máquina de produzir tijolos ecológicos é atração em feira da Rio+20

Fonte: Revista do ZAP

Com tecnologia limpa, a máquina usa como matéria-prima uma mistura de ferro e cimento ou resíduos de construção triturados

Uma máquina para fabricação de tijolos, blocos e pisos ecológicos despertou atenção entre os visitantes da Feira do Empreendedor, evento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no Parque do Flamengo, dentro da programação da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. Com tecnologia limpa, a máquina usa como matéria-prima uma mistura de ferro e cimento ou resíduos de construção triturados.

“Cada mil unidades do tijolo ecológico evita o corte de 20 árvores de médio porte, já que no processo convencional seria preciso queimar argila e alimentar os fornos com madeira”, explica o gerente da empresa fabricante, Eduardo Silva Moraes. Segundo ele, o preço final do produto é 20% maior em relação ao convencional, mas o tijolo ecológico tem uma resistência superior em 50 % à do tijolo comum. O produto também apresenta uma eficiência 60% maior em isolamento térmico e acústico.

Localizada em Campo Grande (MS) e há 15 anos no mercado, a empresa fabrica quatro modelos da máquina, capazes de produzir de 200 até 500 tijolos por hora, a preços que variam de R$ 12 mil a R$ 73 mil. Além de vendido para construtoras de todo o Brasil, o equipamento já vem sendo exportado para países da América do Sul e da África.

Na feira do Sebrae, muitos interessados são empreendedores que começam a fazer negócios na área da construção. De acordo com Moraes, os modelos mais simples atendem às necessidades de uma pequena empresa do ramo. “Damos um curso de dois dias para ensinar a operar a máquina e o manuseio correto dos resíduos. O processo é muito simples”, disse.


Leia mais:
>> Projetos do Rio Grande do Sul ligados à sustentabilidade vão à Rio+20
>> Rio lança selo que dá isenção fiscal para empreendimentos sustentáveis
>> Brasil está entre os quatro líderes mundiais em construções sustentáveis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.