28/01/2010

Marcelo Rosenbaum confidencia algumas dicas e tendências

Fonte: Revista ZAP
Rosenbaum: "A casa tem de transmitir a alma de quem vive naquele lugar"
Rosenbaum: "A casa tem de transmitir a alma de quem vive naquele lugar" (Foto: Divulgação)

Iniciar uma reforma ou mudar o visual da casa já é quase uma paixão nacional. Basta ver a quantidade de casas que está de pernas para o ar nesta época do ano no País. Por isso, para que você não gaste o desnecessário e evite erros na decoração, o designer Marcelo Rosenbaum conta um pouco dos seus trabalhos, confidência algumas dicas e revela as tendências e as novidades do mercado para te ajudar a ter uma decoração charmosa.

AUTOESTIMA – A primeira dica que o designer de interior mais pop do País dá aos leitores da revista ZAP é apostar na autoestima. “Antes de sonhar com aquele ambiente de capa de revista procure apostar nas cores e nos objetos de sua preferência. Ter uma marca própria ajuda a decorar a casa com personalidade”, diz Rosenbaum.

MEMÓRIA AFETIVA – Outro segredo é manter a memória afetiva nos ambientes da casa. Enfeitar os espaços com peças antigas da família, dando a elas um toque da individualidade do atual dono. Isso pode deixar o espaço mais confortável, segundo Rosenbaum. “A casa tem de transmitir a alma de quem vive naquele lugar. Por isso, devemos colocar dentro dela tudo o que gostamos, lógico, com um certo cuidado para não ficar sem harmonia. Mas o imóvel da gente não pode ser estático, feito apenas para impressionar as visitas, tem que contar quem somos.”

Para o profissional que faz sucesso no quadro do Lar Doce Lar, no Programa Caldeirão do Huck na TV Globo, o erro na decoração é justamente dar as costas a tudo que veneramos e comprar o móvel apenas porque é elegante e caro. Rosenbaum afirma que a falha é não ser você mesmo. “Uma casa ligada apenas às coisas materiais não tem valor nenhum.” Por isso, se gosta de cores, pinte a casa. Pode usar mais de uma cor em um mesmo ambiente. “Isso mostra que a pessoa é muito feliz.” Procure apenas a harmonia entre as tonalidades. Trocar a cor de apenas uma parede pode dar muito charme à casa e fica barato.

TENDÊNCIA – Ao contrário do que muitos pensam, a tendência está justamente evitar o móvel grande, vistoso e brilhante e apostar no lixo. No lixo? Sim! Sabe aquela cômoda jogada no canto do quartinho de bagunça esperando o dia de ir para o lixo? Ponha na sala e use a criatividade. “Adoro o lixo e os rejeitados. Pegar objetos ordinários e dar mais emoção aos produtos é extremamente elegante, principalmente hoje nos tempos atuais, quando a falta de consciência está transformando a natureza e destruindo o planeta. O lixo também tem seu glamour”.

Linha inspirada no improviso da Feira de Caruaru (Foto: Divulgação/Fran Parente)
Linha inspirada no improviso da Feira de Caruaru (Foto: Divulgação/Fran Parente)

SIMPLICIDADE – O lixo, seguido da individualidade do ser humano e da simplicidade do povo brasileiro inspiram os projetos e produtos do designer. Com o mesmo sentimento, o artista tem parcerias com lojas como a Tok&Stok, Micasa e Leroy Merlin – que atendem as mais variadas classes sociais. “Os meus produtos exaltam a essência da simplicidade, do autêntico, que permite reinventar-se todo dia, e também o respeito à natureza”. conta.

LEIA MAIS:

MÓVEIS COM DESIGN INOVADOR SERÃO PRODUZIDOS EM LARGA ESCALA

ROSENBAUM APOSTA NO DESIGN POPULAR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.