09/09/2009

Mercado de flores e plantas ornamentais prevê crescimento de 12% em 2009

A maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina será realizada no período de 03 de setembro a 27 de setembro, de quinta-feira a domingo e no feriado de 7 de Setembro, das 9h às 19h

Aumento da oferta de variedades, a aplicação de melhores preços e a realização da Expoflora, em Holambra, estimulam as vendas no país. O Instituto Brasileiro de Floricultura  (Ibraflor) diz que 85% dos consumidores que vão às compras em supermercados, também levam flores e plantas para a casa. 

Otimista, o mercado brasileiro de flores e plantas ornamentais, prevê faturar 12% a mais em 2009 em relação ao ano passado. Em números, o mercado deve movimentar R$ 1,3 bilhão em 2009, segundo o Ibraflor.  A previsão, bastante positiva diante de um ano de estagnação da economia após a crise financeira mundial, deve-se, principalmente, ao aumento da oferta de flores e plantas ornamentais proporcionado pelas novas variedades levadas ao mercado.

A visibilidade desse mercado e a fomentação das vendas têm uma forte contribuição da Expoflora, maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina, realizada em Holambra, cidade na qual apenas uma das cooperativas – Veling – responde por 30% do comércio nacional desses produtos. Esse ano o evento será realizado no período de 03 de setembro a 27 de setembro, de quinta-feira a domingo e no feriado de 7 de Setembro, das 9h às 19h.

Holambra fica a 140km de São Paulo e a 40km de Campinas. A exposição de arranjos florais é considerada uma vitrine das flores e plantas ornamentais cultivadas pelos produtores de Holambra e serve como termômetro para medir a aceitação dos consumidores pelos novos produtos.

SUPERMERCADOS ESTIMULAM CONSUMO – O evento também tem fomentado as vendas em todo o País, projetando os produtos da cidade no cenário nacional. Para se ter uma idéia, a média anual de consumo no Brasil é de R$ 13 a R$ 15 por pessoa, muito abaixo, ainda, da média européia, que é de 70 dólares por habitante/ano.

Para mudar esse quadro, os produtores têm buscado outros canais de venda, além das floriculturas, e apostado na melhor oferta de preços e maior oferta dos produtos. Pesquisas mostram que 85% dos consumidores que vão às compras em supermercados, também levam flores e plantas ornamentais para a casa.

“Percebe-se que o brasileiro começa a adquirir flores e plantas não mais como um artigo de luxo, mas como artigo de primeira necessidade. É algo que as fazem se sentir bem, porque criam um ambiente agradável em casa, no trabalho, no lazer”, diz o presidente do Ibraflor, Cornelis Petrus Theodorus Schoenmaker, ou, Kees Schoenmaker, como é conhecido.

ESTÍMULO – Para Schoenmaker, a Expoflora é um grande estímulo para que as pessoas passem a incorporar flores e plantas ao seu dia a dia e não apenas em datas especiais, como festas, casamento, falecimentos etc. O evento atrai anualmente recebe cerca de 300 mil visitantes de praticamente todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal.

A Expoflora também serve para mostrar a excelência das empresas holambrenses voltadas à floricultura e a qualidade dos produtos que oferecem no mercado para fomentar os negócios em todo o país. O Brasil tem cerca de 5,1 mil produtores de plantas e flores de todos os tamanhos – pequenos, médios e grandes -, responsáveis pelo cultivo de quase 8 mil hectares. Apenas a Cooperativa Veiling Holambra responde pela comercialização de cerca de 30% das flores e plantas ornamentais comercializadas no Brasil.

O Veiling, como a cooperativa é conhecida, prevê faturar R$ 249 milhões em 2009.  Atualmente a cooperativa conta com cerca de 300 fornecedores. Seu mix reúne desde plantas para paisagismo de grande, médio e pequeno portes, flores e plantas em vaso para decoração e flores e folhagens de corte para a criação de arranjos florais e buquês. Em 2008, foram comercializados cerca de 200 milhões de unidades.

Para o Veiling, a Expoflora é, também, uma vitrine para o consumidor final. “Especificamente para o setor atacadista este tipo de evento fortalece o mercado no longo prazo e em todos os sentidos. A Expoflora é uma ação muito importante para despertar o interesse do público consumidor para flores e plantas em geral, além de contribuir sensivelmente para a divulgação do produto com o qual trabalhamos”, diz Thamara Almeida D´Angieri, da Cooperativa Veiling Holambra.

As variedades mais vendidas no Veiling em 2008 foram as rosa, gérbera, lírio, tango e alstroeméria (de corte); kalanchoe, violeta, calandiva, crisântemo, mini-crisântemo e lírio (de vaso); além das plantas ornamentais, como cactus, suculentas, ervas aromáticas, ixora e samambaias.

SERVIÇO:
28ª Expoflora
Data: 03 a 27 de setembro, de quinta-feira a domingo e no feriado de 7 de setembro
Horário: das 9h às 19h
Localização: Holambra (rodovia Campinas-Mogi Mirim – SP 340 -, Saída 140) Ingressos na bilheteria: R$ 26,00. Crianças até 5 anos não pagam
Informações: fone (19) 3817.2228 – contato@expoflora.com.br

Quer receber mais informações? Siga o ZAP Imóveis no Twitter

2 Comentários

  1. Bom Dia!Gostaria de obter telefones e website de fornecedores de plantas,flores,kactus,pois sou lojista no E.S e não tenho conhecimento de nenhum.grata.

  2. texto muito bom entereçante mais eu gostaria o nome da pessoa q escreveu ete documento pois eu preciso para por em meu trabalho do tcc

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.