05/09/2016

Mesa de canto é móvel acessível e cheio de personalidade

Cada vez mais versátil, ela pode dar o colorido que a sua sala de estar precisa; inspire-se

Fonte: ZAP em Casa

Pense em uma sala. Agora imagine um sofá, cheio de almofadas, bem confortável. É praticamente impossível vê-lo sem sua “dupla”: a mesinha de canto ou a mesa de apoio. Presente em quase todas as residências, o móvel ganhou novas funções com o passar dos anos. E está mais versátil e multifuncional. A arquiteta de interiores Ana Yoshida explica que como os espaços nos lares brasileiros ficaram cada vez mais enxutos, as mesinhas acabaram por ter mais de uma utilidade. “Ela pode sair do lugar, até por isso são feitas de materiais mais leves. Serve de apoio para o notebook e pode ser utilizada até mesmo durante as refeições”, exemplifica.

+ Faça seu cadastro no ZAP em Casa e fique por dentro das últimas de decoração

+ O ZAP em Casa quer a sua opinião: clique aqui e conte o que você quer ver por aqui

Mas a regra é clara: a mesinha deve estar em harmonia com o restante do decoração do ambiente. Isso porque, ela é o móvel responsável por fazer uma ligação entre peças e utensílios da casa, como por exemplo, com a cor da almofada e com um vaso. Ela também é responsável por fazer um ponto de contraste. “O ideal é pensar que deve haver uma ligação de cor, formato ou material, não exatamente ser igual”, orienta a profissional.

mesa-lateral
Presente em quase todas as residências, o móvel ganhou novas funções com o passar dos anos (Foto: Shutterstock)

São inúmeros os tipos de mesinhas laterais usadas pelos brasileiros. Tem as que fazem composições com mesinhas mais baixas, uma sobre a outra, existem os pufes que servem até mesmo de bandejas, as mesas que mais parecem criados mudos, as com tampo de vidro, e por aí vai. Independentemente do modelo escolhido, o bacana é que ela tenha destaque especial na sala. Na Oppa, uma peça com gaveta parte de R$ 389, mas há outras oferecidas por R$ 148,85. Um nicho feito de MDP e com rodas sai por R$ 169,99 na Mobly, que tem ainda opções que começam em R$ 69,90. “Muitas vezes o morador tem medo de apostar em peças grandes e coloridas, como um sofá . Como solução, ele pode apostar em uma mesinha com toque de cor”, sugere Ana.

Foi o que fez a economista carioca Paloma Marques. Ela pensou em dar uma “alegrada” na casa ao comprar uma mesa de apoio amarela. “Acho que ela ‘quebrou’ o estilo sério da sala, causado pelo sofá de couro marrom. Fez muita diferença. Todos os meus convidados reparam e elogiam o móvel, que é super simples, mas bonito”, conta ela, que pagou R$ 190 na peça vendida na Tok&Stok. Na mesma loja, peças semelhantes surgem por R$ 85.

mesa-de-canto
A mesinha deve estar em harmonia com o restante do decoração do ambiente (Foto: Shutterstock)

A mesinha lateral não é só de enfeite. Nela vão objetos e acessórios, importantes ou apenas decorativos para o ambiente, mas que precisam ser pensados pelo morador: deve haver um equilíbrio visual entre eles. A arquiteta ensina que objetos que causam desproporcionalidade não são tão bem vindos neste caso, e fala sobre os indicados. “É bacana ter luminárias para leitura, vidros decorativos e porta retratos”, completa Ana.

mesa-de-apoio
Nela vão objetos e acessórios, importantes ou apenas decorativos para o ambiente (Foto: Shutterstock)

+ Faça você mesmo: como pintar um criado mudo de madeira

+ Aprenda a fazer um criado-mudo versátil com uma gaveta antiga

+ Veja dicas para personalizar o seu criado-mudo

+ Saiba como ter um criado-mudo diferente no quarto

+ Use o pallet e faça você mesmo um sofá e uma mesa lateral. Assista ao vídeo

+ Faça você mesmo uma mesa de canto com papelão. Assista ao vídeo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.