30/06/2009

Minha Casa aquece vendas de segmento popular

Fonte: O Estado de S. Paulo

As empresas que atuam no segmento econômico já sentem os efeitos do programa Minha Casa, Minha Vida. “Falávamos em um ano de crescimento zero e agora já temos previsão de crescer 30% a 40%”, diz o presidente da PDG Realty, Zeca Grabowsky. Segundo ele, os efeitos do pacote foram imediatos, uma vez que a empresa já atendia o segmento popular, com a Goldfarb.

A Rossi Residencial também está revendo suas expectativas. “As vendas têm se recuperado mês a mês e pretendemos retomar o caminho dos lançamentos”, afirma o diretor comercial, Leonardo Diniz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.