30/10/2012

Mirante com vista para o Guaíba, em Porto Alegre, deve abrir no verão

Mirante com vista para o Guaíba, em Porto Alegre, deve abrir no verão

Fonte: Revista do ZAP

Espaço servirá para integrar à paisagem duas estruturas de 26 metros na zona sul da cidade

Da necessidade de esconder as instalações de bombeamento de esgoto do Projeto Integrado Socioambiental (Pisa) no bairro Cristal veio a ideia de usá-las como mirante em uma área nobre da zona sul de Porto Alegre, situada em frente ao Guaíba. No próximo verão, seguindo uma tendência mundial, as torres de esgotamento sanitário deverão abrir como ponto turístico, integrando à paisagem — e às opções de lazer — uma construção com atributos para ser desprezada pela população.

Fernando Gomes / Agência RBSTorres de esgotamento sanitário receberam estrutura metálica para virar ponto turístico

As chamadas chaminés de equilíbrio do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) têm um papel fundamental no Pisa, o programa que tratará a maior parte do esgoto produzido na Capital. Elas evitarão que os equipamentos se arrebentem após um corte de energia, por exemplo. As torres, de 26 metros de altura (há outros quatro metros abaixo do solo), têm um espaço vazio para o qual se transfere o baque nas tubulações em imprevistos como esse.

Mesmo com essa função importante, o impacto das torres na paisagem, à beira da Avenida Diário de Notícias e em frente ao Guaíba, seria um problema. O incômodo visual foi resolvido pela estrutura metálica branca do mirante. Imaginar que o bombeamento do esgoto da cidade passa por ali deverá surpreender os primeiros visitantes, previstos para chegarem entre dezembro e janeiro próximos (quando o Pisa deverá estar operando).

Visitas serão marcadas por meio do site do Dmae
Para explicar o funcionamento do sistema, haverá funcionários que servirão de monitores. Datashows mostrarão, didaticamente, a importância do esgotamento sanitário. Algo semelhante ao que ocorre nos passeios aos esgotos de Paris (França), que têm até lojinha com bonecos de pelúcia — ratos, obviamente — para vender.

“As pessoas vão encontrar uma coisa limpa, que nem se imagina que seja para tratar esgoto”, explica o coordenador do Pisa, engenheiro civil Valdir Flores.

Será um privilégio olhar de cima a orla do Guaíba, em uma época na qual os mirantes públicos nos morros são conhecidos pela insegurança. Ciente disso, o Dmae estuda como democratizar a visitação ao mesmo tempo em que protege o patrimônio, limitando o acesso a horários determinados. Os interessados deverão se inscrever por meio do site do Dmae na internet. O passeio será gratuito.

No projeto, arquiteto pensou em uma vela
O projeto das chaminés de equilíbrio é pensado pelo menos desde 2005. Na ocasião, se cogitava erguê-las no bairro Tristeza. Além disso, as tubulações seriam construídas sob a Avenida Wenceslau Escobar. O provável repúdio dos moradores e as complicações no trânsito levaram o Dmae a mudar de ideia.

O endereço atual foi aceito porque fica isolado de moradias. Ainda assim, era necessário reduzir o impacto visual. De início, se pensava em erguer uma torre. Logo se percebeu que o volume seria ainda mais desastroso visualmente. Com duas torres, se obteve a base para sustentar o mirante. Coube ao arquiteto Moacyr Moojen Marques — o mesmo do Auditório Araújo Vianna — realizar o projeto. Para tanto, ele pensou em um barco a vela a caminho do Guaíba: “Com as duas torres, se deu apoio ao mirante. Vendo de fora, tem a aparência de uma vela. Foi uma “ideia de arquiteto”.”

Raio X das chaminés de equilíbrio:

As torres
Localização: Avenida Diário de Notícias, junto ao Jockey Club e nas proximidades do BarraShoppingSul
Altura: cerca de 26 metros (há mais quatro metros sob o solo)
Bombeamento: 2,5 mil litros de esgoto por segundo
Previsão de inauguração do mirante: entre dezembro de 2012 e janeiro de 2013

Como funcionará
– A Estação de Bombeamento de Esgoto Cristal receberá esgoto vindo de diversas partes da cidade, por via subterrânea, e o impulsionará pelo emissário subaquático (em tubulações sob o Guaíba) até a Estação de Tratamento de Esgoto Serraria
– Quando o sistema de bombeamento de esgoto deixa de funcionar, devido a um corte de energia, por exemplo, a interrupção pode causar danos a dutos e equipamentos
– As chaminés de equilíbrio servem para absorver o impacto do material que está dentro das tubulações, gerado com a paralisação do sistema

A visitação ao mirante
– Área do mirante: 80 m²
– As visitas começarão em janeiro de 2012 ou dezembro de 2013
– Grupos de 20 visitantes por vez subirão ao mirante
– No local haverá guia, datashow com informações sobre a importância do esgotamento sanitário, palestras e materiais de divulgação
– As inscrições para visitar o mirante poderão ser feitas por meio do site do Dmae na internet.

Leia mais:
>> Veja imóveis à venda no bairro Cristal, em Porto Alegre

Tags: Urbanismo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.