18/12/2013

Mix de revestimentos e tons alinhados dão vida a projeto sem resquícios de lugar-comum

Mix de revestimentos e tons alinhados dão vida a projeto sem resquícios de lugar-comum

Fonte: Revista do ZAP

Casa dentro de condomínio na zona sul da Capital tem na tinta com efeito de cimento a tônica para efeito contemporâneo

Usar pintura com efeito de cimento sem gerar um ambiente frio e adotar piso preexistente mais teto sem gesso de modo que nem de longe passem um ar de improvisação. Difícil? Thais Lenzi Bressiani, arquiteta à frente do Red Studio, conseguiu esse feito. A autora da intervenção nesta área social de 32,2 metros quadrados da morada de um casal em condomínio na Zona Sul lançou mão de obras de arte e peças de design com “cara de “ainda não visto”, fugindo dos clássicos do momento”.

Revestimentos-Mix


Ao contar o segredo da sua fórmula neste projeto de espaço de convívio, Thais ressalta os cuidados para conferir personalidade ao ambiente remodelado para os novos donos e garantir um efeito delicado – quesito em parte atendido pelas cortinas de crepe branco, em vez de persianas. E não menos importante: sem estourar o orçamento familiar.

Após o procedimento de praxe da arquiteta ao estrear um trabalho, de fazer entrevistas prévias com o casal, seguidas de pesquisa e avaliação de imagens para identificar o gosto e os desejos dos clientes, a arquiteta se tranquilizou:

“Como o olho da cliente já é treinado, foi fácil escolher coisas bacanas. O legal disso tudo é que a sala ficou super personalizada com ares de “exclusiva” e sem gastar uma fortuna”, ressalta Thais.

Revestimentos-Mix

Clique aqui e veja mais fotos.

Surgiu naturalmente a escolha da pintura com efeito de cimento para resolver a intenção de ter uma pintura não óbvia. Claro que o tratamento paredes, de efeito decorativo de concreto aparente, para ficar perfeito teve a execução realizada por mão de obra treinada pelo fabricante.

Detalhe sustentável: completa a base do ambiente reformado o piso preexistente, um porcelanato fosco cinza. O acabamento foi mantido de maneira a se integrar aos elementos novos. Na lareira a etanol, o revestimento em basalto polido dá um toque chique que se mimetiza ao restante do living. O tom é quebrado pela laca branca da base e pelo painel em pínus escovado envelhecido, de 1,80m x 2,35m, que sustenta o aparelho de TV, marcado pelos spots com dicroicas. O tampo da bancada da churrasqueira é de teca maciça e o da pia, granito são gabriel.

Observe no teto uma solução funcional importante: a tubulação para afixar as luminárias, de tubo de PVC pintado de branco. Assim, foi evitado o rebaixamento com economia de pelo menos 30% em relação ao tradicional gesso, o que também reduziria os 2,66m do pé-direito preservados.

Tanto o sofá de três lugares com chaise quanto o tapete de náilon acolhem o casal de schnauzer Quincas e Freda. (Desconfio que descobri de onde veio a inspiração cromática para a base do projeto. E será que os pets curtem os importantes uva e roxo da paleta?) Ah, o jovem casal de proprietários também tem permissão para curtir momentos de ócio criativo na área e até brincar de chef.

Leia mais:
>> Acabamentos de parede diferenciados dão personalidade aos ambientes
>> Decoração vibrante: escala Pantone invade os ambientes da casa

Tags: arquitetura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.