02/07/2014

Moradores falam sobre os diferentes aspectos do Menino Deus

Moradores falam sobre os diferentes aspectos do Menino Deus

Fonte: Revista do ZAP

Em segundo lugar nas buscas do Pense Imóveis, o bairro é disputado pela boa localização e facilidades que oferece

O Menino Deus, segundo bairro com mais buscas no Pense Imóveis, atrai moradores não apenas pela sua localização privilegiada, mas também por resguardar uma atmosfera nostálgica, com construções que remontam a uma Porto Alegre de outros tempos. Além de todas as comodidades que oferece, ainda é vizinho da Cidade Baixa – com todas as suas opções de bares e restaurantes –, fica perto do Centro e ao lado do Parque Marinha do Brasil e da orla do Guaíba, no bairro Praia de Belas.

Para a funcionária pública Lisiane Giorgis, o bairro lembra cidades do interior. “Eu conheço o senhor da padaria, o cara da quitanda, tudo na Getúlio Vargas”, conta. É inegável, contudo, que o lançamento de empreendimentos trouxe modificações para a região. Da janela do seu apartamento na rua Corrêa Lima (foto abaixo), há cerca de cinco anos, Lisiane conseguia enxergar uma pontinha do Guaíba, visão, hoje, engolida pelas altas construções.

vista-bairro-menino deus

O número de facilidades encontradas no bairro, no entanto, segue como atrativo unânime. “Tem tudo”, garante Lisiane, que mora na região desde 2003. Opinião compartilhada pelo estudante de Comunicação Social Jean Pierre Bocca, cujo apartamento fica na Marcílio Dias. “O bairro é completo. Tem supermercados, tem shopping, muitas opções de restaurantes, alguns bares e todo tipo de serviço, desde bancos, correios, petshop etc”, diz.

:: Confira um guia de serviços, gastronomia, compras e diversão no bairro

Quanto às opções de transporte, as avaliações são divergentes. Para Jean, que está há mais de dois anos morando na região, esse é um ponto positivo do bairro. “Tem táxis por toda parte, várias linhas de ônibus pra zona sul, pro centro e algumas pra zona norte. Acho que é um bairro em que o deslocamento para outros lugares é fácil”, comenta. “Melhor que isso, só se tivesse metrô”, complementa. Já Lisiane enfatiza que a mobilidade urbana não é nada satisfatória.

A coleta de lixo é uma questão que, na opinião do estudante, deixa a desejar. “O Menino Deus é lindo, mas precisa ser melhor cuidado, a começar pelo governo municipal”, aponta, ressaltando que alguns moradores colaboram ao não respeitarem os horários destinados às coletas. A sensação de segurança, por outro lado, parece ser um bom aspecto do bairro. “Sinto-me como se estivesse no interior. Lá também tem assaltos, roubos, mas muito menos que na maioria dos bairros da cidade. Acho que está entre os bairros mais tranquilos pra se morar”, explica.

Mesmo adorando o Menino Deus, Lisiane cogita morar em outra região de Porto Alegre, pois acredita que o bairro piorou muito nos últimos quatro ou cinco anos, principalmente pela falta de escoamento nas vias com tantos automóveis após o crescimento imobiliário. Jean, por sua vez, enxerga variados cenários. Caso continuasse na capital gaúcha, optaria, primeiramente, por uma casa espaçosa e sem muitos vizinhos na zona sul. “Mas como as chances de continuar morando em apartamento são grandes, nesse caso, muito provavelmente, continuaria no Menino Deus”, indica.

apartamento-um quarto-bairro-menino deus

O prédio onde Jean mora foi construído em 64, tem três andares, sem garagem e elevador. “Um típico prédio antigo”, diz o estudante.

Veja também: As facilidades do Menino Deus, um dos bairros mais procurados em Porto Alegre

busca-imóvel-pense vender-imóvel-pense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.