18/07/2012

Moradores fazem mobilização para revitalizar a Praça Japão em Porto Alegre

Moradores fazem mobilização para revitalizar a Praça Japão em Porto Alegre

Fonte: Revista do ZAP

Com o crescimento das empresas no entorno, a região arborizada se transformou em um grande estacionamento durante o dia e um local escuro e perigoso quando anoitece

Ao redor da praça, carros ocupam todas as vagas para estacionar. Nos bancos e trilhas, nenhum pedestre. Esta é a cena que se vê ao chegar à Praça Japão, na zona norte de Porto Alegre, num dia qualquer. Com o crescimento das empresas no entorno, a região arborizada se transformou em um grande estacionamento durante o dia e um local escuro e perigoso quando anoitece.

Incomodado com essa percepção, o designer Gus Bozetti, 38 anos, criou uma causa em um site colaborativo para revitalizar a área verde. A proposta é que os moradores se apropriem do espaço, que ele e a esposa usam até mesmo para almoçar em dias de sol. “A praça deve ser um local de convivência, um ponto de encontro, não de passagem”, defende Bozetti.

Sua primeira atitude em prol do projeto foi organizar, em parceria com outros voluntários, um piquenique na praça. Bateu de porta em porta, divulgou nas redes sociais e reuniu 200 pessoas na área verde em uma tarde de sábado. Agora, planeja realizar uma intervenção artística no espelho d”água – desativado e depredado – para chamar atenção para a necessidade de investir no local. Empresas das redondezas se propuseram a adotar partes da praça, para mantê-la limpa, organizada e arborizada.

“Além da preservação do meio ambiente, esse movimento tem um benefício social, pois você conhece seus vizinhos, cria vínculos e isso faz com que você se sinta mais seguro pelo bairro”, comenta.

Na visão de Bozetti, Porto Alegre tem potencial para ser um local com imensa qualidade de vida, pois mistura aspectos deo velho e do novo, do interior e da metrópole. Fala com a autoridade de quem veio de Rio Grande, no sul do estado gaúcho, e já morou em São Paulo e também fora do país.

Medições da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam) mostram que Porto Alegre tem 14,78 m² de vegetação para cada habitante, isso contando apenas as áreas municipais, como parques e praças. Contabilizadas regiões estaduais, federais e privadas, essa relação sobe para 50 m² por pessoa. A meta da Organização Mundial da Saúde (OMS) é de 12 m². A contabilidade não inclui as 1,3 milhão de árvores de Porto Alegre.


Leia mais:
>> Vereadores de Porto Alegre aprovam lei dos túneis verdes na cidade
>> Veja imóveis à venda em Porto Alegre
>> Veja imóveis para locação em Porto Alegre
>> Anuncie seu imóvel no Pense Imóveis

Tags: Urbanismo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.