24/06/2007

Mostra de decoração homenageia Rio

Fonte: O Globo

Paisagens cariocas são tema dos espaços do Mastercasa

Marcelo CarnavalZap o especialista em imóveisSuíte Leblon: móveis e revestimentos seguem o preto-e-branco do calçadão da praia. Há um nicho na parede forrada com papel preto

 

O Rio de Janeiro nunca foi tão homenageado num evento de arquitetura e decoração como na 16ª edição do Mastercasa, que foi aberta essa semana e vai até 15 de julho. Num casarão de quatro andares em Santa Teresa, com vista para a Baía de Guanabara, o evento reproduz um hotel com oito suítes, entre outros espaços, que fazem referência a algumas das mais belas paisagens cariocas. As do Jardim Botânico, de Copacabana, Ipanema e Leblon, do Pão de Açúcar e do Corcovado estão entre elas.

A homenagem nem sempre é totalmente explícita: na Suíte Ipanema, por exemplo, o arquiteto Duda Porto procurou transmitir, ao misturar mármore e madeira, o clima de sofisticação e beleza natural do bairro.

Marcelo CarnavalZap o especialista em imóveisMámore e madeira representando a beleza natural e a elegância do bairro

— Nessa suíte, banheiro e quarto estão integrados. E tanto na cabeceira da cama como em frente ao box, há painéis de ripas irregulares de freijó, um tipo de madeira castanha com listas. Já o mármore usado nas áreas molhadas, num tom creme, foi tratado com ácido para tirar o brilho e ficar mais próximo de seu estado original — explica Porto.

Para não desperdiçar espaço, o arquiteto desenhou um armário diferente: é mais estreito e, por isso, as roupas são penduradas de frente, em vez de ficarem de lado.

— Afinal, trata-se de um hotel, onde não se guarda tanta roupa — conta Porto, explicando ainda que, no lugar de portas, o armário tem uma cortina de lona automatizada, que desliza por dentro da marcenaria.

Marcelo CarnavalZap o especialista em imóveis

Na Suíte Leblon, com projeto do designer Bruno Rangel e do arquiteto Cadé Marino, a referência ao bairro também é sutil: na cortina do quarto, foi impressa uma foto do calçadão da orla. Móveis e revestimentos seguem a combinação de preto-e-branco — uma das paredes é forrada com papel texturizado preto, a marcenaria é branca e um nicho iluminado na parede mostra fotos do Rio Antigo. Em P&B, claro.

— Só o piso é revestido com madeira natural, que aquece o ambiente — diz Rangel. 

 

 

  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.