30/08/2012

Móveis, materiais para construção e linha branca têm redução de IPI prorrogada

Fonte: ZAP Imóveis

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou a prorrogação da redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para os setores de linha branca, materiais de construção e móveis.

Com o corte nos impostos, as alíquotas sobre esses itens vão variar entre 0% e 10%. A previsão do Ministério da Fazenda é que a queda da arrecadação será em torno de R$ 116,12 milhões.

Materiais de construção tiveram o benefício prorrogado até o fim de 2013

A medida vai até dezembro para todos os produtos, exceto os materiais de construção, que tiveram o benefício prorrogado até o fim de 2013 e um acréscimo de quatro itens na lista: pisos laminados, pisos de madeira sólida, piso vinílico e drywall (placas de gesso instaladas em paredes).

Já para o segmento de móveis, a redução da alíquota vai a zero para mais 14 itens classificados como painéis de madeira, laminados de alta resistência e de PVC utilizados para revestimento de móveis. Os percentuais originais eram de 5% ou 15%, dependendo do item.

Na linha branca, a alíquota do tributo para fogões foi mantida em 0%, mesma medida adotada para os tanquinhos. Máquinas de lavar, que era de 20%, caíram para 10%, enquanto geladeiras terão taxação de apenas 5%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.