08/03/2013

Mulher moderna quer casa prática e fácil de limpar

Revestimentos de simples manutenção e tecnologia deixam a residência delas um lugar muito mais agradável de se morar

Fonte: ZAP Imóveis

Vida de mulher não é fácil. Correr atrás de filhos, marido, casa, cachorro, gato, papagaio e ainda ter que lidar com uma rotina de trabalho exaustiva fazem da figura feminina de hoje uma Mulher Maravilha. As solteiras que moram sozinhas também exercem este papel, pois precisam pagar todas as contas sem dividi-las com um companheiro e ainda têm que coincidir a vida social com o emprego.

Mulher moderna quer casa prática e fácil de limpar
Projeto da arquiteta Anna Novaes tem piso de porcelanato. Segundo a profissional, é o ideal para a casa da mulher moderna, pois é fácil de limpar (Fotos: Divulgação)

Para facilitar a rotina da mulher contemporânea, a casa precisa estar bem estruturada para o seu dia a dia. Ela precisa morar em um imóvel prático de limpar, que não acumule bagunça e não ocupe todo o final de semana com afazeres, enquanto ela deveria estar descansando. Confira abaixo como planejar o lar ideal para a mulher do século 21:

Tecnologia – A mulher dos dias de hoje está conectada com o mundo. Com a possibilidade de acesso à informação em tempo real, sua vida ficou mais corrida e ela precisa do auxílio da tecnologia para ampará-la dentro de casa. “Hoje em dia existem eletrodomésticos cheios de recursos, como algumas máquinas de lavar que também secam e são programáveis. Isso ajuda a deixar a vida mais prática”, diz a arquiteta Anna Novaes.

Revestimento – A profissional consultada recomenda o uso de materiais sintéticos para o lar da mulher contemporânea. “Atualmente a tecnologia usada no revestimento e acabamento deste tipo de produto permite que eles sejam bonitos e mais fáceis de serem mantidos”, diz Anna. Ela afirma que pisos de porcelanato são mais fáceis de limpar do que os de mármore, pois o segundo absorve mais a sujeita. “Os laminados também são ótimas opções, pois não estragam e não riscam”, afirma. Para ela, móveis que requerem muita manutenção, como a necessidade de envernizar ou encerar, devem ser evitados.

“Ao invés de usar madeira ou laca em móveis, existe hoje as MDFs, que são as madeiras sintéticas. Os fornecedores avançaram muito no visual delas. Elas custam mais barato e permitem uma manutenção mais simples”, garante a especialista. Este tipo de material sintético é, além de prático, mais ecológico e a mulher de hoje valoriza este detalhe. “Elas estão muito antenadas e respeitam a questão da sustentabilidade. Além da MDF custar menos e ter design bonito, o produto ainda é sustentável”, lembra Anna.

Criança em casa – Para as mulheres que são mães, manter a casa organizar é uma tarefa ainda mais complicada. Para isso, ter a parede, móveis e pisos revestidos com materiais sintéticos pode facilitar a rotina. “No sofá e poltronas, elas devem evitar tecidos que manchem, pois em algum momento as crianças irão derrubar suco ou refrigerante neles”, afirma a arquiteta. Anna sugere a utilização do tecido Náutico para revestimento desses itens. “Eles são impermeabilizados e não deixam o líquido infiltrar”, diz. Segundo a especialista, há várias cores e padrões decorados do produto no mercado.

Mulher moderna quer casa prática e fácil de limpar
Projeto de Anna Novaes, com cadeiras de fibra sintética. Elas oferecem fácil manutenção

Limpeza – Papel de parede é uma boa opção para mulheres práticas. “Além de oferecerem uma boa durabilidade, gama de cor imensa e não custarem muito caro, este revestimento é fácil de limpar. Se ficarem com aspecto velho, é só trocar”, diz Anna. A arquiteta acredita que o uso deste material é mais simples do que ter que pintar a causa e lidar com respingos de tinta.

Na pia, a recomendação da arquiteta é o uso de resina acrílica ou granito escuro para não aparecer manchas. “Este material é fácil de limpar, só é preciso usar um pano úmido”, diz. Já para as cortinas, Anna indica o uso de persianas de telinha, as quais ela garante que têm limpeza simples e se adequam ao perfil da mulher dos dias atuais.

Cores – Apesar de compartilharem rotinas cansativas, uma mulher é diferente da outra. Para as mais extrovertidas, a Suvinil indica pintar as paredes com a combinação do tom amarelado Verde Limão com o laranja cítrico Suco de Cenoura, ou então com o Rosa Alaranjada. Isso porque são cores que transmitem bastante energia.

Mulher moderna quer casa prática e fácil de limpar
Para a casa de mulheres extrovertidas, a Suvinil recomenda tons como o Rosa Laranjada. Na ilustração, o projeto é de Brunete Fraccaroli, na Casa Cor São Paulo 2012 (Foto: Casa Cor São Paulo/Divulgação)

Já as mais românticas, de acordo com Ana Kreutzer, designer de cores da marca, podem apostar em tons suaves e iluminados como a cor Cevada e o azul Matelassê, em harmonia com a tonalidade Pitaia Rosa. As mais clássicas, segundo a especialista da Suvinil, preferem ambientes que tragam diferentes tonalidades da mesma cor, como os verdes Colmeia, Cheiro-Verde e Capim Seco, que “tiram a monotonia do espaço e garantem um resultado final rico em sofisticação”, de acordo com a executiva.

Espaço – A mulher que mora sozinha precisa se sentir aconchegada dentro de casa, assim como a que é casada. O dia a dia às vezes é tão cansativo que elas precisam ter um lugar acolhedor. “Se a residência é pequena, ela não pode entulhar móveis; a moradora tem que liberar espaço para criar um ambiente confortável”, explica Anna.

De acordo com a arquiteta, é fundamental estudar a circulação entre os móveis. No ambiente em que as pessoas passam deve haver, no mínimo, um espaço de 80 centímetros, segundo ela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.