08/09/2007

Não economize para construir a fundação

Fonte: Jornal da Tarde

Seja em aclive ou declive, a construção em terrenos com desníveis demanda um cuidado a mais com a fundação da casa. E como a dica é projetar o imóvel com a divisão da área em platôs, a terraplenagem do lote é uma etapa essencial para garantir o bom andamento da obra e uma estrutura fortalecida.

Arquitetos e engenheiros aconselham que a fundação desse tipo de obra seja feita durante o período de estiagem, entre os meses de maio e setembro, para diminuir riscos com deslizamentos de terra.

Considerada problemática para esse tipo de terreno, a instalação do canteiro de obra também deve ser previamente planejada. “Como é um canteiro pequeno, ele pode ficar em um barraco montado próximo ao calçado, na frente do terreno”, aconselha.

Para os terrenos onde se faz necessária a construção de uma parede de contenção, é fundamental contratar um ótimo serviço para não ter prejuízo no futuro. “O muro de arrimo tem de ser feito com base em cálculos. Não adiante querer economizar nessa etapa”, destaca o engenheiro Carlos Roberto de Godoy.

Embora o tipo de material a ser empregado na obra varie conforme a inclinação do terreno e as características do solo, os profissionais recomendam para esse perfil de construção o uso de materiais pré-fabricados, como concreto armado e madeira. Entusiasta da arquitetura em terrenos inclinados, ele afirma que as estruturas metálicas e estrutura de madeira pré-fabricada são um ótimo recurso.

Quanto à umidade nas paredes que ficam em contato com a terra, o arquiteto conta que já existem bons produtos para prevenir danos ao imóvel. Alguns produtos podem ser misturados como aditivos no concreto e outros funcionam como uma manta protetora.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.