30/10/2006

No banheiro é preciso 1,5 m de diâmetro

Fonte: O Estado de S. Paulo

Essa é a área mínima para conter uma banheira de hidromassagem

Um banho longo e relaxante numa hidromassagem passa quase sempre pela cabeça de quem está no trabalho, cansado e estressado.

E se essa banheira estiver esperando pela pessoa em casa será ainda melhor. Pois é possível hoje ter o seu “spa doméstico”, com hidro, cabine de banho, deck de madeira…

E a melhor notícia é que há modelos próprios para banheiros, em áreas menores, ou com capacidade para maior número de pessoas, em espaços externos.

O arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris explica que a tendência da “volta ao lar” – de suprir a residência de itens de conforto e aconchego – está “chegando ao bannheiro”, com o spa doméstico.
“Com os problemas de violência, de trânsito, da cidade grande, as pessoas estão mesmo ficando mais em casa e assim interessadas em adquirir itens que dêem prazer a essa permanência”, diz Kílaris.

Ele já projetou alguns espaços com spa, tanto internos, quanto externos. Nestes últimos, por exemplo, tem um trabalho em que uniu a hidromassagem à piscina, para que os moradores usufruam ao mesmo tempo do lazer e do relaxamento. No caso de áreas externas, o mercado oferece banheiras de capacidades variadas, até para oito ou mais pessoas. Nas áreas internas, são em geral hidros de dois lugares. Segundo Kílaris, nos banheiros seria necessário um espaço mínimo de 1,50 m de diâmetro.

Cabines de banho 

Para a cabine de banho, geralmente colocada em cantos do banheiro, seriam 1,30m de diâmetro, abrindo em arco, segundo Kílaris.

Esse produto em particular permite que a pessoa fique de pé e seja “massageada” por vários jatos de água, numa função terapêutica um pouco diferente da hidromassagem, que é mais para relaxamento do corpo.

Nas banheiras de hidromassagem, aliás, diz Kílaris, existem também atualmente luzes piscantes coloridas, atendendo a regras da cromoterapia. Esses equipamentos são em geral de fibra de vidro, conforme o arquiteto, mais voltadas para banheiros. Os desenhos são curvos ou sextavados, dependendo da capacidade em termos de pessoas que a usarão.

“Nas áreas externas, são interessantes as hidros de madeira, tipo ofurô americano, como se fosse uma tina”, diz o arquiteto. Ele ressalta que não é recomendável instalar a banheira de hidromassagem embaixo de um chuveiro, “porque essa não é a função do equipamento”.

Novidade

Kílaris comenta que a mais recente novidade nos equipamentos de spa é a possiblidade de programar o acionamento para que o aquecimento comece no momento desejado. Ele explica que no caso do aquecimento, seria por meio de caldeira elétrica dentro da residência ou sistemas de aquecimento a gás se for junto à piscina.

“O custo/benefício de um equipamento doméstico de spa é interessante, pois com cerca de R$ 5 mil é possível ter uma banheira de hidro em área interna da casa”.
www.arquitetoaquiles.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.