29/06/2006

Novo Largo da Batata deve sair em 2007

Fonte: O Estado de S. Paulo

Principal mudança na área degradada será uma esplanada para pedestres

Falta pouco para a revitalização do Largo da Batata sair do papel. Esperada há mais de quatro anos, a requalificação da região mais degradada de Pinheiros aguarda só a Prefeitura finalizar as desapropriações.

O projeto, que é comandado pela Empresa Municipal de Urbanização (Emurb), ainda carece de detalhes. Mas a expectativa é tocar as obras em 2007. “Devemos começar no primeiro semestre e terminar em um ano”, informa o diretor de obras da Emurb, Paulo Molin. Com a retirada do projeto da criação de um centro de eventos, a Prefeitura reduz o custo das obras de R$ 110 milhões para a metade. Só em desapropriações serão gastos R$ 7 milhões.

A principal mudança no Largo será a criação de uma esplanada para pedestres. Para isso, o comércio da Rua Belchior Coqueiro vai abaixo e parte da Faria Lima ganhará novo traçado. Um trecho da Rua Cardeal Arcoverde também será incorporado – uma ligação viária com a Rua Manuel Carlos Ferraz Almeida desviará o tráfego e o trecho da Cardeal até a Faria Lima terá acesso restritivo aos veículos. A Rua Sumidouro será ligada à Rua Baltazar Carrasco e se tornará o principal acesso à Marginal dos Pinheiros para quem vem pela Cardeal. Os pontos finais dos ônibus, hoje no Largo, irão para o terminal da Rua Capri, a ser entregue até 2009. No encontro da Sumidouro com a Marginal, deverá ser criado o Parque Sumidouro.
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.