25/02/2007

Novos talentos de volta a Milão

Fonte: O Globo

Casa antiestresse selecionada para a feira de design

Zap o especialista em imóveisModular: a peça é inspirada na mesa de bar do carioca: está dividida em seis bancos e uma mesa de centro. Autores procuram parceiro para produzir o protótipo

Trânsito, poluição, filas, temporais. O mundo que não podemos controlar abre espaço à criação, por meio do design, de um mundo diferente. Esse é o princípio da Rio Casa Antistress, dos estudantes de desenho industrial Patrícia Davies, Rafael Roldão e Tiago Bouças, da UniverCidade, único projeto brasileiro selecionado este ano para o Salão Satélite, de novos talentos, da Feira do Móvel de Milão, que acontecerá de 18 a 24 de abril.

O projeto é uma instalação que sugere um espaço para as pessoas se desligarem dos problemas, dentro de um ambiente urbano. Que pode ser um condomínio ou uma empresa, por exemplo.

— Novidades como isolamento acústico e térmico, iluminação controlada e alimentação pré-pronta são sinais do investimento na criação de um ninho, seguro e perfeito — explica Roldão, ressaltando que o Rio de Janeiro foi a inspiração para a Casa Antistress. — Queríamos explorar o poder da cidade de acabar com o estresse, o oposto do que é divulgado lá fora, a violência.

Poltrona inspirada em mesa de bar carioca

DivulgaçãoZap o especialista em imóveis

Nesta instalação, o chão é macio e texturizado, de maneira que a sensação seja a de caminhar na areia da praia. As paredes, também macias, têm estampa floral e interagem com as pessoas, na medida em que encostar nelas é prazeroso.

No formato original, a poltrona tem espaço para duas ou três pessoas — que podem ser marido, mulher e filho — recostadas. Mas, inspirada na mesa de bar do carioca, ela é modular e pode ser dividida em seis bancos e uma mesa de centro, promovendo a interação entre os usuários. Por último, um telão de 180 graus exibe projeções de fotos e filmagens do Rio.

— A nossa idéia não é mostrar pontos turísticos. As pessoas poderão assistir, sim, o nosso tão aplaudido pôr-do-sol do Arpoador. Um vôo de asa-delta. Ou a lua surgindo em Copacabana — imagina Patrícia, lembrando que estão sendo desenvolvidos aromas da natureza para a sala antiestresse, estimulando assim mais um dos sentidos do corpo humano.

Marco Antônio CavalcantiZap o especialista em imóveisPatrícia, Bouças e Roldão, autores da Rio casa antistress: projeto para as pessoas se desligarem dos problemas

O trio já tem alguns parceiros, como a Avanti, que está desenvolvendo o piso e as paredes; a própria UniverCidade, que vai bancar o aluguel do estande na Feira de Milão; e a Lin Brasil, que fará o transporte. Mas ainda faltam interessados em fabricar a poltrona e o projetor. O custo estimado de todo o projeto é de R$230 mil.

— Nós somos designers de produtos. Por isso, cada peça desta instalação vem sendo minuciosamente estudada. Vemos, no futuro, a comercialização delas. E, neste sentido, a feira é a melhor vitrine: são 200 mil visitantes, uma movimentação 8,8 bilhões — observa Tiago Bouças.

Para o diretor da Escola de Design da UniverCidade, João Lutz, os estudantes vão encarar um desafio:

— Das idéias no papel à materialização, são distâncias. Mas não falta vontade nesses jovens, que vêm consolidando o Rio como pólo de design — diz Lutz, lembrando que em 2000 outro jovem da escola, Pedro Zohrer, participou do Salão Satélite e, no ano passado, ganhou um dos mais importantes prêmios do setor, o IF (Industry Form), na categoria “Novos materiais”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.